18:01 23 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Militares sírios na província de Latakia

    Avante, a todo o gás: exército sírio ataca terroristas desde Aleppo até Daraa

    © AP Photo / SANA
    Mundo
    URL curta
    Campanha militar antiterrorista na Síria (132)
    52431

    Dezenas de terroristas do Daesh e Frente al-Nusra possivelmente foram eliminadas no resultado de grandes ofensivas que o exército sírio lançou nas províncias-chave de Aleppo, Damasco, Daraa, Deir ez-Zor, Hama, Homs e Idlib.

    Na cidade de Daraa as tropas sírias obliteraram as fortificações, esconderijos e veículos nos bairros de al-Mahatta e al-Balad e alvejaram as cidades de Rakham e al-Karak no nordeste da província de Daraa.

    Em um outro desenvolvimento o exército apoiado pelos aviões de combate russos e sírios conseguiu expulsar os grupos militantes da cidade estratégica de Sheikh Meskeen.

    “O exército sírio e as Forças da Defesa Nacional continuaram a avançar contra os militantes em Sheikh Meskeen e tomaram pleno controle sobre a cidade estratégica depois de matar e ferir um monte de terroristas”, disse uma fonte militar.

    Na cidade de Aleppo, os jatos da Força Aérea da Síria destruíram as posições ocupadas pelos militantes do Daesh nos bairros de al-Rashedin, al-Lairamoun, Bustan al-Bacha, Bani Zaid, Karem al-Maysar e al-Sheikh Said, assim como em um número de áreas estratégicas na parte oriental da província.

    Dezenas de terroristas do Daesh também foram eliminadas em Deir ez-Zor onde as tropas governamentais entraram em confrontos com os militantes na aldeia de Baqaliyeh e no bairro de al-Rushdiye na cidade de Deir ez-Ezor.

    Em Damasco o exército sírio lançou um ataque contra os postos de controle dos militantes da Frente al-Nusra reconquistando uma das suas rotas principais de abastecimento em Ghouta Ocidental. Além disso, as tropas atacaram os terroristas da Frente al-Nusra ao longo da estrada que liga duas cidades estratégicas de al-Moadhamiyah e Darayya.

    No quadro de uma outra ação mais cedo nesta semana, os bastiões dos militantes situados perto da cidade de Tamanna no sul da província Idlib e em Kafr Zita no norte da província Hama foram, segundo relatos, massivamente bombardeados pela aviação do exército sírio.

    Além dos esforços antiterroristas do exército sírio, em 30 de setembro a Rússia iniciou uma campanha aérea, tendo mais de 50 aviões de combate russos, inclusive Su-24M, Su-25 e Su-34 efetuado ataques de alta precisão contra as posições do Daesh na Síria após pedido do presidente Bashar Assad.

    Desde 22 de janeiro a Força Aeroespacial russa tem realizado 70-100 surtidas por dia. Nos últimos três dias as forças russas atacou 484 instalações dos terroristas.

    A Síria está em estado de guerra civil desde 2011. O governo do país luta contra um número de facções de oposição e contra grupos islamistas radicais como o Daesh (também conhecido como “Estado Islâmico”) e a Frente al-Nusra.

    Tema:
    Campanha militar antiterrorista na Síria (132)
    Tags:
    aviação, terrorismo, confrontos, exército, Frente al-Nusra, Daesh, Rússia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik