19:43 10 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    491
    Nos siga no

    A empresa Miratorg, uma das maiores produtoras de carne na Rússia, foi a primeira companhia russa a obter o direito de exportar carne bovina ao Irã, disse o vice-ministro da Agricultura da Rússia Sergei Levin.

    A Inspeção Estatal do Irã examinou a conformidade dos produtos russos aos estandartes da segurança veterinária e alimentar, assim como a execução do padrão de halal que determina exigências para o pessoal, instalações, equipamento e empacotamento. 

    Dmitry Sergeev, um representante da Miratorg, concedeu um comentário à Sputnik:

    “A nossa tarefa estratégica é expansão de exportações de todos os tipos de carne. Se falarmos de países muçulmanos são sem dúvida carne bovina e carne de aves. E com certeza iremos continuar o trabalho nesta direção. Agora o mais importante é que passamos atestação no Irã. Por isso, eu queria comunicar um grande agradecimento ao Ministério da Agricultura e pessoalmente ao ministro Aleksandr Tkachev pela ajuda, apoio na promoção dos interesses do produtor russo nos mercados globais. Se falarmos do prazo quando podem de fato começar fornecimentos, é uma perspectiva dos próximos meses…”.

    Sergeev sublinhou que a Miratorg estima as suas perspectivas comerciais no Irã como positivas e tem certeza absoluta sobre a compatibilidade dos seus produtos no mercado alimentício do Irã.

    “Vamos simplesmente mencionar o fator básico que a população do Irã faz cerca de 80 milhões de habitantes. É um mercado grande e amplo. E eu tenho certeza que as perspectivas de ampliação de fornecimentos de produtos de carne de alta qualidade – fornecimentos de exatamente produtos halal – seguramente existem. A carne de boi russa é produzida sem uso de hormônios e estimuladores de crescimento. É uma carne natural e de alta qualidade”, disse.

    É de sublinhar que a Miratorg já possui o certificado do Centro Internacional de Estandardização e Certificação Halal do Conselho de Muftis da Rússia. Aidar Gazizov, diretor desta instituição, divulgou os detalhes à Sputnik:

    “Em relação ao Irã a Miratorg tornou-se primeiro produtor de carne vermelha (bovina e de cordeiro). Mas eu acho que outros tipos de produtos também serão atuais tanto para exportação de produtos russos ao Irã quanto importação de produtos iranianos aqui para a Rússia”.

    Quanto à pergunta sobre a existência de contatos com o lado iraniano sobre o fornecimento de outros tipos de produtos Aidar Gazizov respondeu afirmativamente:

    “Sim, tais negociações estão sendo travadas… Os representantes de muitos ministérios e departamentos vêm nos visitar aqui. E nós entendemos que nos encontros com os Ministério de perfil da Federação da Rússia são discutidas as questões de elevação do nível de cooperação entre os nossos países. Porque até desde os tempos da União Soviética tínhamos relações muito boas com o mundo islâmico. Eu acho que o levantamento das sanções naturalmente será um bom motivo para o fortalecimento e melhoramento das nossas relações. Afinal das contas isto deve resultar em crescimento de volumes de exportações e importação. No que se toca às exportações, então além dos produtos tradicionais que a Rússia fornecia ao Irã (quer dizer os produtos da indústria pesada), agora tornaram-se atuais os produtos alimentícios”.

    Tags:
    comércio, exportações, agricultura, carne, Miratorg, Sergei Levin, Alexander Tkachev, Irã, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar