01:46 19 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    O Su-24 russo derrubado pela FA da Turquia em 24 de novembro, 2015

    Ministério da Defesa da Rússia nega boatos sobre outro caça abatido pela Turquia

    © REUTERS/ Sadettin Molla
    Mundo
    URL curta
    111903012

    Os rumores espalhados nas redes sociais sobre um segundo avião de guerra da Rússia que teria sido abatido pela Força Aérea da Turquia "são um absurdo completo", segundo declarou nesta sexta-feira (22) o Ministério da Defesa russo.

    "Essas alegações são um absurdo completo. Todas as nossas aeronaves que estão realizando missões para destruir a infraestrutura terrorista na Síria retornaram com segurança para a base aérea", disse o porta-voz da pasta, Major-General Igor Konashenkov.

    O oficial lembrou que mais de 50 jornalistas vindos dos EUA, da Grã-Bretanha, da França, da Itália, da China e de outros países estão na Síria para registrar o dia-a-dia da campanha militar da Rússia a partir da base aérea de Hmeymim, onde estão baseados os caças russos. Segundo Konashenkov, "seria absolutamente impossível abafar um fato como esse".

    ​Em 24 de novembro do ano passado, a Turquia abateu um bombardeiro russo Su-24 que sobrevoava o espaço aéreo sírio perto da fronteira turca. O incidente deflagrou uma série de sanções contra Ancara por parte de Moscou, esfriando seriamente as relações entre os dois países. 


    Mais:

    Presidente turco: atentado em Istambul foi obra de homem-bomba sírio
    Exército turco bombardeia bairros civis curdos
    Chanceler turco: relações com a Rússia melhorarão em breve
    Tags:
    caça, Bombardeiro, sanções, Internet, rumores, boatos, abatido, aeronave, avião, caça russo, Su-24, Ministério da Defesa, Síria, Rússia, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik