12:40 22 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    15330
    Nos siga no

    Na tentativa de influenciar os parlamentares norte-americanos, um grupo de ativistas dos Estados Unidos imprimiu uma série de cartazes com a foto do primeiro-ministro ucraniano, Arseny Yatsenyuk, e outros políticos ligados a ele, afirmando que eles estariam sendo procurados pela justiça por suspeitas de corrupção.

    Os pôsteres de "Procurado", com as imagens também do procurador-geral Viktor Shokin e do ex-deputado Mykola Martynenko, foram distribuídos em Washington, em uma área próxima ao Capitólio. 

    Segundo esses cartazes, Yatsenyuk deveria ser preso por encobrir escândalos de corrupção e facilitar o acesso de aliados aos mais lucrativos leilões, fábricas e propriedades do Estado.

    Shokin, por sua vez, estaria acobertando funcionários corruptos do governo e os responsáveis pelas mortes de ativistas do país.

    Já Martynenko, descrito como um amigo próximo do premier, estaria ligado a um suborno no valor de 30 milhões de dólares e a um grande caso de corrupção envolvendo propriedades estatais.

    Mais:

    Biden: Ucrânia deve erradicar o câncer da corrupção
    Povo ucraniano pede demissão de premiê Yatsenyuk
    Premiê ucraniano Arseny Yatsenyuk vai ser investigado por corrupção
    Ucrânia deve se livrar da corrupção para obter dinheiro americano
    Relatório: corrupção na Ucrânia ameaça cada vez mais a Europa
    Tags:
    corrupção, suborno, Capitólio, Mykola Martynenko, Viktor Shokin, Arseny Yatsenyuk, Washington, EUA, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar