06:21 24 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Soldados norte-americanos no Afeganistão

    EUA desperdiçaram meio bilhão de dólares em projetos de mineração e energia no Afeganistão

    © AFP 2019 / Johannes Eisele
    Mundo
    URL curta
    Afeganistão entre OTAN e Talibã (109)
    583
    Nos siga no

    Um estudo divulgado nesta quinta-feira pelo órgão Inspetor Especial Geral para a Reconstrução do Afeganistão (SIGAR) revelou que os Estados Unidos gastaram quase meio bilhão de dólares em uma série de projetos de energia e mineração no país do Oriente Médio sem obter, praticamente, qualquer resultado.

    De acordo com o relatório, a Força-Tarefa para Negócios e Operações de Estabilidade do Departamento de Defesa (TFBSO) desembolsou a maior parte do dinheiro, incluindo uma quantia de US$ 215,4 milhões investida na extração de petróleo e minérios. 

    "Depois de operar no Afeganistão por cinco anos, a TFBSO saiu com quase todos os seus projetos extrativos incompletos", diz o resumo do documento.

    A auditoria examinou, entre outras coisas, os gastos referentes a pesquisas sísmicas, remoção de minas terrestres, consertos de gasodutos e expedições para perfuração de poços. Todos esses projetos foram considerados incompletos, inefetivos, insatisfatórios ou com alto risco de apresentar resultados negativos. 

    O Congresso dos EUA criou a SIGAR com o objetivo de fiscalizar de maneira independente os trabalhos de reconstrução do Afeganistão, justamente para evitar desperdícios, fraudes e abusos, segundo o site oficial da organização.

    Tema:
    Afeganistão entre OTAN e Talibã (109)

    Mais:

    Soldados americanos são vítimas de ataque no Afeganistão
    Pentágono usa 'ameaça russa' como desculpa para gastos exorbitantes
    Obama aprovou o orçamento de defesa dos EUA para 2016 no valor de U$607 bi
    Tags:
    mineração, energia, TFBSO, SIGAR, Departamento de Defesa dos EUA, Oriente Médio, Afeganistão, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar