00:38 10 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    323
    Nos siga no

    Os militares ucranianos atacaram o território da autoproclamada República Popular de Lugansk com lançadores de granadas. A informação foi divulgada pelo porta-vozi do Estado Maior das forças de Lugansk.

    "Na última quarta-feira, os militares ucranianos atacaram a partir da proximidade da região de Lugansk nossas posições na área de Kalinovka com lançadores de granadas e armas automáticas", disse ele.

    Em abril de 2014, Kiev lançou uma operação militar nas províncias de Donetsk e Lugansk para reprimir os focos de contestação ao governo que aplicou o golpe de Estado em fevereiro do mesmo ano. 

    O conflito já causou mais de 9 mil mortes e 2.700 feridos, segundo os dados da ONU. 

    O acordo de Minsk, assinado em 12 de fevereiro do ano passado, prevê, entre outros pontos, o cessar-fogo na região de Donbass, no leste ucraniano, a retirada das armas pesadas, a troca de prisioneiros e a reforma constitucional na Ucrânia antes do final do ano. No entanto, as partes em conflito constantemente relatam violações do acordo. 

    Mais:

    Coração de ouro: 2 parlamentares alemães angariam 200 mil euros para crianças de Donbass
    RPD: Kiev viola 7 vezes em 24h a trégua em Donbass
    DNW: sanções contra Rússia encorajam política agressiva da Ucrânia em Donbass
    Rússia diz que Kiev pode fazer nova investida de agressão em Donbass
    Ucrânia prepara ofensiva com tropas e armamentos em Donbass
    Donetsk: Ucrânia prepara provocação contra Rússia em Donbass
    Tags:
    Minsk, conflito, armas, Kiev, Ucrânia, Lugansk
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar