01:19 19 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    112
    Nos siga no

    Militantes do grupo terrorista Daesh se responsabilizaram pela série de atentados que teve lugar na capital da Indonésia, Jacarta, nesta quinta-feira (14).

    “Os alvos dos ataques foram cidadãos estrangeiros e representantes dos órgãos policiais”, de acordo com a agência Reuters, citando declarações dos militantes.

    Anteriormente o chefe da polícia de Jacarta tinha responsabilizado os militantes do Daesh pelos atentados afirmando também que o responsável pelos ataques é um militante do Daesh de origem indonésia chamado Bahrun Naim, que provavelmente já está na Síria.

    Segundo a polícia indonésia, a série de explosões no centro de Jacarta foi organizada pelo grupo de 10-15 militantes inclusive alguns homens-bomba. De acordo com testemunhas, depois de a explosão ter tido lugar aconteceu um tiroteio em resultado do qual pelo menos um policial foi morto. No total, segundo os dados das forças de segurança, o ataque deixou 7 mortos. Mais 7 ficaram feridos, informou o jornal Jakarta Globe.

    Pouco depois dos atentados o presidente do país, Joko Widodo, qualificou as explosões como ataques terroristas.

    Tags:
    militantes, atentados, explosões, polícia, terrorismo, Daesh, Jacarta, Indonésia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar