02:16 21 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Militantes do Estado Islâmico (EI)

    Daesh reivindica ataque que deixou 18 mortos no Iraque

    © AP Photo/ STR
    Mundo
    URL curta
    0 12

    O grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico) reivindicou a autoria do ataque em Bagdá que deixou ao menos 18 mortos e fez mais dezenas de pessoas reféns em centro comercial na capital do Iraque.

    Members of the Iraqi National Police
    © flickr.com / United States Forces Iraq
    Foi relatado que os militantes explodiram um carro-bomba na região de al-Jadida, em seguida realizaram um tiroteio e entraram dentro do centro comercial, onde fizeram reféns. 

    As autoridades estimam que cerca de 70 foram feitas reféns no centro comercial.

    Segundo o porta-voz do Ministério do Interior iraquiano, as forças de segurança isolaram a área a invadiram o prédio, matando os homens armados e libertando os reféns. 

    O Iraque vive atualmente uma tensão constante com a ameaça do grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico), que ocupou parte do território do país. Os militantes desta organização realizam ataques e atentados, cujas vítimas são em sua maioria civis.

    Mais:

    Homens armados matam oito pessoas e fazem reféns em Bagdá
    Daesh executa 80 pessoas perto de Mossul, Iraque
    Sucesso da aviação russa na Síria contribui para êxitos no combate contra Daesh no Iraque
    ‘Ministro da defesa’ do Daesh é eliminado em ataque aéreo no Iraque
    Tags:
    terrorista, ataque, atentado, Daesh, Estado Islâmico, Bagdá, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik