15:18 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Van da polícia em Moscou (foto de arquivo)

    Moscou terá ônibus antiterrorismo

    © Sputnik/ Vladimir Pesnya
    Mundo
    URL curta
    41213160

    Moscou lançará um chamado ônibus “antiterrorismo” para patrulhar as ruas da cidade. Ao custo de US$ 500 mil, o veículo terá bloqueadores instalados para causar interferência em explosivos operados por controle remoto e também terá a capacidade de interromper todas conexões via rádio na vizinhança.

    O veículo deve começar a funcionar este ano, com o objetivo de aumentar a segurança, especialmente em grandes eventos importantes, como a Copa do Mundo da FIFA de 2018, que será disputada na Rússia. A informação é do jornal Izvestia.

    O ônibus terá como base a estrutura do MAN Lion R08 alemão, informou o Conselho da Cidade ao jornal.

    Alexey Mayororv, chefe do departamento, afirmou que o ônibus será empregado nso próximos grandes eventos como a Formula E em 2016, a Copa das Confederações da FIFA em 2017, e a Copa do Mundo da FIFA em 2018.

    Embora o ônibus tenha comunicações via satélite, rádio e CCTV, uma porta-voz do departamento negou que as autoridades tenham a intenção de usá-lo para escutar conversas nas proximidades.

    “Atividades como escutas não são aceitáveis porque toda tecnologia usada leva em consideração a segurança e o respeito aos direitos dos cidadãos. Ninguém grampeará conversas”, relata o jornal, citando Yulia Mityurnikova. 

    Embora não haja uma data estipulara para a inauguração do ônibus, o primeiro evento que contará com sua participação será o Mundial de Pentatlo, em maio.

    Mais:

    Agente especial russo se sacrifica para salvar cão em linha férrea de Moscou
    Moscou: Uso das armas químicas pelo Daesh na Síria é ‘muito provável’
    Kiev responde ao embargo de Moscou
    Arsenal da época de Ivan, o Terrível, é encontrado perto de Moscou
    As milagrosas luzes de Natal de Moscou
    Tags:
    antiterrorismo, ônibus, Formula E, Mundial de Pentatlo, Copa das Confederações, Copa do Mundo, Izvestia, Moscou, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik