09:57 08 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Moças curdas seguram a bandeira da Curdistão iraquiano na cidade de Arbil

    Curdos iraquianos buscam apoio estrangeiro para realizar sonho de independência

    © AFP 2019 / SAFIN HAMED
    Mundo
    URL curta
    20192
    Nos siga no

    O presidente do Governo Regional do Curdistão iraquiano encontrou-se com os representantes de 36 países em Arbil para buscar apoio internacional para o pedido de independência, escreve Today’s Zaman, jornal turco publicado em inglês.

    Massoud Barzani, chefe do parlamento de curdos iraquianos, informou os diplomatas estrangeiros sobre os planos curdos de realizar um referendo na qual será decidido declarar independência ou não. Além disso, ele declarou que os curdos irão travar um dialogo com Bagdá sobre este pedido, diz-se em um comunicado publicado pelo Governo Regional do Curdistão iraquiano nesta quarta-feira (6). 

    A decisão de realizar um referendo para independência foi adiada em 2014 quando os militantes do Daesh penetraram na área setentrional do Iraque habitada pelos curdos e tomaram a cidade de Mossul. 

    O representante do Governo Regional do Curdistão iraquiano para assuntos exteriores, Fellah Moustafa, confirmou que Barzani tinha informado os representantes estrangeiros sobre os planos curdos.

    “Realizar um referendo e implementar o resultado deste referendo são duas coisas diferentes, Um referendo para dar ao povo curdo uma escolha é um direito natural”, disse Moustafa.

    “Iremos discutir com as autoridades de Bagdá o futuro das nossas relações e resolver alguns obstáculos democraticamente através de um diálogo”, ressaltou.

    Tags:
    independência, referendo, Daesh, Curdistão iraquiano, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar