02:09 05 Março 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 04
    Nos siga no

    O grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico) reivindicou a autoria da explosão de um caminhão-bomba em um campo de treinamento na cidade de Zliten, no noroeste da Líbia, que matou 70 pessoas. A informação foi divulgada pela mídia local.

    Um caminhão-bomba explodiu na quinta-feira de manhã na área do acampamento durante esse tempo, como um treinamento militar foram mais de 100 pessoas. De acordo com a Associated Press, cerca de 200 pessoas ficaram feridas na explosão.

    De acordo com o canal de TV Al Hadas, o alvo da explosão era a equipe policial de treinamento da Guarda Costeira.

    As autoridades líbias declararam estado de mobilização geral e ordenaram o fechamento das escolas. 

    O grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia e reconhecido como terrorista pelo Brasil) autoproclamou-se "califado mundial" em 29 de junho de 2014, tornando-se imediatamente uma ameaça explícita à comunidade internacional e sendo reconhecido como a ameaça principal por vários países e organismos internacionais. 

    Em três anos, os terroristas conseguiram capturar grandes áreas do Iraque e da Síria, e está tentando espalhar sua influência no Norte de África, em particular na Líbia. De acordo com várias estimativas, o território controlado pelo Daesh atinge 90 mil quilômetros quadrados. 

    Mais:

    Caminhão-bomba explode e mata 70 na Líbia
    Daesh ataca porto petrolífero estratégico na Líbia
    Premier da Líbia: Rússia demonstrou prontidão para apoiar o combate ao Daesh
    Líbia considera pedir à Rússia que realize ataques aéreos contra o Daesh
    Tags:
    terrorista, atentado, Daesh, Estado Islâmico, Líbia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar