16:10 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Vista de Teerã, capital do Irã

    Irã lamentou ataques contra embaixada saudita

    © AFP 2019 / BEHROUZ MEHRI
    Mundo
    URL curta
    771
    Nos siga no

    O Irã afirmou que "lamenta" os dois ataques contra missões diplomáticas da Arábia Saudita e disse que não vai poupar esforços para perseguir e prender os responsáveis.

    O enviado do Irã à Organização das Nações Unidas (ONU), Gholamali Khoshroo, disse em uma carta ao secretário-geral, Ban Ki-moon, que o a República Islâmica "vai tomar as medidas necessárias para prevenir incidentes similares no futuro". 

    A Arábia Saudita rompeu relações com Irã no domingo após manifestantes atacarem sua embaixada em Teerã e o consulado em Mashad. A violência foi uma reação à execução de um opositor importante do clérigo xiita no fim de semana. 

    Mais de 40 manifestantes na embaixada foram presos e investigadores procuram outros possíveis culpados, de acordo com Khoshroo.

    Mais:

    Arábia Saudita planeja proibir voos e visitas para o Irã
    Sudão segue Bahrein e Arábia Saudita e corta relações com o Irã
    Preço do petróleo sobe com o conflito entre Arábia Saudita e Irã
    Protestos contra execução de clérigo xiita pela Arábia Saudita se alastram pelo mundo
    Rússia está disposta a mediar conflito entre Irã e Arábia Saudita
    Ruptura das relações diplomáticas ressuscita debate sobre execuções na Arábia Saudita
    Tags:
    relações internacionais, ONU, Ban Ki-moon, Gholamali Khoshroo, Arábia Saudita, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar