12:59 22 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    316
    Nos siga no

    Militantes armados do Daesh (autodenominado Estado Islâmico) supostamente atacaram o porto petrolífero de Es Sider na Líbia, atualmente controlado pela facção governamental internacionalmente reconhecida da guerra civil no país.

    Segundo testemunhas e fontes militares ouvidas pela agência de notícias Reuters, os jihadistas atacaram os guardas no porto nesta segunda-feira (4).

    Es Sider, que está sob o controle do governo internacionalmente reconhecido da Líbia, está fechado há mais de um ano, como resultado da mais recente guerra civil entre as facções seculares e islâmicas do país. Em 2015, o Daesh capturou alguns territórios ao redor da cidade costeira de Sirte, mas ainda não conseguiu obter controle sobre instalações petrolíferas na Líbia.

    "Es Sider é protegido pela Guarda de Instalações Petrolíferas Ibrahim al-Jathran, uma facção armada federalista", informou a Reuters.

    O Daesh começou a ganhar terreno na Líbia em meio à guerra civil deflagrada no país após a destituição do então presidente Muammar Khaddafi, em 2011, em uma operação internacional assistida pela OTAN.

    O grupo terrorista já havia atacado o porto de Es Sider em outubro, quando entrou em confronto com as forças que protegem o terminal em um de seus portões.

    Mais:

    Exército sírio lança mais um ataque contra infraestrutura do Daesh
    Daesh ameaça invadir a Grã-Bretanha e chama David Cameron de 'imbecil'
    EUA e aliados planejam outra invasão na Líbia
    Premier da Líbia: Rússia demonstrou prontidão para apoiar o combate ao Daesh
    Tags:
    militantes, porto, guerra civil, governo, petróleo, terrorismo, Es Sider, ISIS, Daesh, OTAN, Estado Islâmico, Muammar Khaddafi, Líbia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar