22:51 30 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    182
    Nos siga no

    Quer acredite ou não na astrologia, é sempre divertido ler e depois conferir aquilo que se realizou ou não.

    Com base em horóscopos disponíveis na Internet, a Sputnik tentou fazer previsões para as maiores figuras da política mundial.

    Rafael Correa (Áries)

    O famoso economista e político equatoriano, nascido em 6 de abril sob o signo zodiacal de Áries, estará até março sob a influência da quadratura de Urano e Plutão, que o vem testando desde 2012.

    Depois disso, a quadratura de Saturno e Netuno faz com que os Áries desconfiem de tudo, especialmente da sua capacidade de realizar seus sonhos. Mesmo assim, ele não se deve deixar abalar pelo humor um pouco negativo mas sim continuar o trabalho em seus projetos porque o ano de 2016 será o tempo para colher frutos de seus esforços.

    José Mujica (Touro)

    De acordo com os astrólogos desde o verão de 2015, Júpiter vem incentivando os nascidos sobre este signo zodiacal a desenvolver a sua criatividade e demonstrar audácia.

    O ex-presidente do Uruguai terá, entre os outros Touros, que resistir quase todo o ano à economia instável até conseguir ver os resultados há muito esperadas. Durante este tempo é preciso se manter atento, pronto a reagir aos possíveis eventos e críticas e investir completamente em assuntos que exigem muitos esforços.

    O ano de 2016 será marcado pela tendência de desistir diante das muitas dificuldades que provavelmente aparecerão, mas, se os Touros conseguirem manter a atitude necessária, serão capazes para chegar ao topo.

    Donald Trump (Gémeos)

    O bilionário e candidato à presidência dos EUA terá a impressão de estar em um impasse, como todos os Gémeos. Este ano deve ser abordado com toda a seriedade, mas sem demasiada dramatização.

    Até o outono, os nascidos sob este signo devem se concentrar no que é essencial e eliminar tudo o que não vale a pena ou que lhes consome o tempo. Caso façam isso, a partir do outono, quando Júpiter coroar de êxito as boas escolhas ou as novas opções promissoras, os Gémeos ficarão satisfeitos.

    Angela Merkel (Câncer)

    Angela Merkel
    © AFP 2021 / PHILIPPE HUGUEN
    Angela Merkel
    A acreditar na astrologia, a chanceler da Alemanha poderá no ano que vem encontrar o desenvolvimento que procura com ajuda dos seus amigos e os seus próximos. Só por esta via os Cânceres conseguirão encontrar o apoio necessário que os ajudará concretizar os seus desejos, seja no plano profissional ou no plano privado. 

    Os astrólogos aconselham àqueles nascidos sob este signo que estão passando por algumas pressões no trabalho a não ter dúvidas de que a sua vida afetiva lhe trará compensações. Mesmo tendo em conta que o ano que vem pode colocar à prova os nervos de Cânceres, o seu moral e exigirá muito deles, 2016 trará finalmente a mudança já esperada por muito tempo.

    Barack Obama (Leão)

    Ao longo dos oito primeiros meses de 2016, Júpiter fará com que os Leões precisem administrar bem suas finanças, ajudará a capitalizar os seus dividendos e a aumentar os seus lucros.

    No ano que vem, Saturno favorecerá a sua atividade profissional. Os Leões estão já por muito tempo em busca de uma atividade que plenamente responda às suas expetativas e estão prontos para suportar diversas mudanças no campo profissional.

    Neste ano às vezes os Leões, inclusive o presidente dos EUA, terão a impressão de fazer esforços inúteis, mas estes finalmente darão resultado, que acontecerá de maneira diferente do usual.

    Bashar Assad (Virgem)

    No ano 2016 Júpiter e Plutão trarão aos Virgens a forma de vida que lhes convém, mas eles devem deixar de procurar aquilo que está errado. Os dois planetas trarão aquilo que faltava já por muitos anos, só é preciso seguir em frente.

    Se os Virgens conseguirem gerir bem as suas alianças, incentivar os seus subordinados e conseguirem ultrapassar as possíveis frustrações nos meses de março, maio, junho e setembro, conseguirão se sair muito bem de um jogo perigoso.

    No fim do ano, eles podem esperar uma situação favorável para melhorar seus rendimentos, obter lucros e passar por todas as dificuldades com algum sucesso.

    Vladimir Putin (Libra)

    Vladimir Putin durante a teleconferência sobre o lançamento da ponte energética
    © Sputnik / Aleksei Druzhinin
    Vladimir Putin durante a teleconferência sobre o lançamento da ponte energética
    O presidente da Rússia, entre outros Libras, no início do ano terá a impressão de que nada de especial acontece. Mas este tempo deve ser aproveitado para fazer um balanço dos anos que já passaram, o que lhe dará a oportunidade de recomeçar tudo mais uma vez tendo em consideração a experiência dos anos passados.

    Durante este tempo é preciso aproveitar a chegada de Júpiter e valorizar toda a experiência que as Libras têm e, caso faça isso, todos os planos serão sucessivamente concretizados.

    Os astrólogos aconselham a encarar todos os problemas e dificuldades que podem aparecer à distância. Nesta tarefa, a maturidade conquistada nos anos anteriores, mesmo que os tempos possam parecer difíceis, ajudará a ultrapassar todas possíveis as frustrações.

    Evo Morales (Escorpião)

    Todos os projetos dos Escorpiões, entre os quais está o presidente da Bolívia, serão concretizados em 2016 por Júpiter, que, sob a ação de Plutão e a proteção de Neptuno, ajudarão a realizar todas as suas ambições com uma facilidade invejável.

    No início do ano, aqueles que nasceram sob este signo zodiacal prestarão atenção especial a todos os seus projetos e tarefas profissionais. Os Escorpiões serão muito bem organizados neste período, o que, mesmo em situação de falta de apoio financeiro, poderá garantir a subida estável em todos os negócios.

    Mesmo tendo em conta que, por vezes, os Escorpiões passarão por tempos difíceis, marcados pela impaciência, a recompensa real de todo o trabalho feito só se manifestará no fim de 2016. É preciso entusiasmo para que haja uma evolução futura. Todos os obstáculos que podem aparecer se transformarão em conquistas, especialmente a partir do outono.

    Dilma Rousseff em abril de 2015.
    © AP Photo / Eraldo Peres
    Dilma Rousseff em abril de 2015.
    Dilma Rousseff (Sagitário)

    Saturno continua a reger o signo de Sagitário e, no ano que vem, a presidente do Brasil terá que encontrar a solução dos problemas em vez de ignorá-los.

    Para os nascidos sob este signo, o ano que acabou de chegar permitirá o aparecimento de novas portas abertas, mesmo que, é claro, algumas decisões devam ser tomadas e os riscos — enfrentados.

    O ano de 2016 levará os Sagitários a quererem sair de jogo e este fato continuará os frustrando em março, maio, junho e setembro. Mas, se eles definirem os seus desejos, aprofundarem o seu potencial e decidirem o seu padrão de comportamento, os resultados não só não se farão esperar, mas também irão lhes agradar.

    Tabaré Vásquez (Capricórnio)

    Para os Capricórnios, Júpiter e Plutão colocarão a sua existência em outra dimensão, em que tudo o que parecia impossível se tornará possível. A vida dos nativos deste signo mudará significativamente para melhor.

    Lidando com os problemas econômicos que podem exigir demasiado tempo a recuperar, Urano  incute aos nascidos sob este signo zodiacal o desejo de se renovar profundamente e superar não só os problemas financeiros, mas também guerras religiosas e conflitos ideológicos.

    Nos primeiros meses do ano, os Capricórnios, inclusive o presidente do Urugurai, poderão ter impressão de que estão andando para trás, mas é preciso ultrapassar tais ideias negativas para ver o que está chegando.

    No outono, os Capricórnios poderão voltar à frente do palco e trabalhar para permanecer nessa posição.

    Mauricio Macri (Aquário)

    Os acontecimentos dos primeiros oito meses do 2016 farão os Aquários questionar seus planos iniciais, mas não farão com que eles avancem. Júpiter em Libra ajudá-los-á a encontrar a solução ideal.

    O recém-escolhido presidente da Argentina, entre outros Aquários, terá um ano em que os problemas que afetam nossa sociedade desde o outono de 2015, não só no plano ideológico, mas também no econômico e político, podem influenciar a sua ascensão social, que também será minada pelos acontecimentos externos em 2016.

    Mesmo nesta situação, é preciso não poupar esforços e aproveitar este tempo para refletir profundamente.

    Às vezes, os Aquários terão a impressão de que já fizeram tudo o que era possível, mas, mesmo se os seus esforços e méritos não forem reconhecidos, é preciso continuar o trabalho. Caso não desistam, os Aquários não apenas conseguirão obter aquilo que queriam, mas também acreditar em seu enorme potencial.

    Aécio Neves (Peixes)

    Júpiter oferecerá a Peixes uma chance de ter pleno sucesso em relação a sua autonomia. Mas é preciso não deixar nada por fazer, é preciso estar atento aos detalhes e assumir o comando dos acontecimentos.

    No ano que acabou de chegar, o céu e as estrelas parecem oprimir mais os nascidos sob o signo de Peixes, mas é preciso se defender. Mesmo ficando sob pressão, eles devem impor seus limites ao que podem e não podem aceitar ou suportar.

    É preciso seguir firme, tomar iniciativas e acreditar que os Peixes têm todas as chances de resistir a pressões.


    Com este texto, a redação da Sputnik Brasil não é responsável pela concretização ou não das previsões. Tudo o acima mencionado tem a única intenção de divertir os nossos leitores.

    Tags:
    astrologia, previsão, Ano Novo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar