00:43 16 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    99234
    Nos siga no

    Na noite de 2 de janeiro, manifestantes atacaram a embaixada da Arábia Saudita na capital iraniana. A polícia conseguiu fazer recuar os atacantes. O protesto está ligado à execução do clérigo xiita Nima al-Nimra.

    A polícia iraniana deteve 40 pessoas no âmbito da investigação, comunica a AFP, citando as autoridades locais.

    O conhecido pregador foi executado na véspera dos protestos. Além dele, a Arábia Saudita aplicou a pena capital a mais 46 pessoas suspeitas de “terrorismo” ou de “cumplicidade com o terrorismo”.

    Nas redes sociais apareceu um vídeo em que os manifestantes atiram coquetéis Molotov, contra a embaixada.

    ​Video shows protesters inside Saudi embassy in Tehran pic.twitter.com/DEmsNLI6ZG

    Mais:

    Arábia Saudita afirma ter derrubado míssil disparado por houthis no Iêmen
    Jornalista francês: Rússia fez EUA e Arábia Saudita reconhecerem sua posição na Síria
    Rússia ultrapassa Arábia Saudita na produção de petróleo
    Tags:
    protesto, manifestação, Arábia Saudita, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar