00:32 08 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Rússia combate Estado Islâmico na Síria (291)
    86581
    Nos siga no

    Em 31 de dezembro, os soldados russos comemoraram o Ano Novo na base aérea de Hmeymim na Síria e receberam presentes enviados pelo Ministério da Defesa russo, de acordo com a RIA Novosti.

    Vladimir Putin em seu discurso de Ano Novo
    © Sputnik / Aleksei Druzhinin
    Os militares festejaram a chegada do Ano Novo às 00:00, horário de Moscou, e ouviram o discurso anual do presidente russo Vladimir Putin perto de uma árvore de Natal de 15 metros de altura.

    É de notar que a virada do ano na base foi acompanhada pelo forte ruído dos motores dos aviões de combate, já que os pilotos russos continuaram fazendo surtidas apesar do feriado.

    Na base militar, os festejos incluíram até a participação de um Papai Noel e da sua neta Snegurochka (personagem tradicional na Rússia).

    «Desejo-lhes o fim ao terrorismo na República Árabe da Síria logo que possível e que voltem para casa como heróis», desejou o Papai Noel.

    Cada soldado foi presenteado com uma mala de viagem, uma caneca térmica, uma pequena cesta de Natal com linguiça, queijo, caviar vermelho e doces, e ainda com uma camiseta com uma imagem do avião Su-30 e a data de início da campanha aérea.

    A campanha aérea da Rússia foi lançada no dia 30 de setembro de 2015, quando mais de cinquenta aviões de guerra russos, incluindo Su-24M, Su-25 e Su-34, iniciaram ataques aéreos de precisão contra alvos do Estado Islâmico na Síria, a pedido do presidente sírio, Bashar Assad

    No final de dezembro, o Ministério da Defesa informou que os aviões de combate russos tinham completado um total de 5.240 missões desde o início da operação aérea contra os militantes do Daesh na Síria.

    Tema:
    Rússia combate Estado Islâmico na Síria (291)

    Mais:

    Exército da Síria afugenta militantes de mais uma província
    Mídia: militares dos EUA reconhecem que missão da Rússia na Síria é bem-sucedida
    Aviação russa alveja 556 instalações terroristas na Síria nos últimos 3 dias
    Tags:
    Daesh, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar