10:42 17 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Sukhoi PAK FA, conhecido também como T-50

    T-50 russo é considerado avião sem par do século XXI

    © AP Photo/ Misha Japaridze
    Mundo
    URL curta
    1118710

    O Sukhoi T-50 (PAK FA), caça russo da quinta geração, foi chamado de um dos melhores aviões militares do mundo na lista de aviões principalmente novos composta pela revista Business Insider.

    “Apesar de fato de que [agora existe somente o modelo preliminar deste avião] Moscou pensa que o T-50 será capaz de levar vantagem ao F-35 em relação aos seus parâmetros chave inclusive a velocidade e capacidade de manobrar. Entretanto, existe a opinião que as capacidades stealth do T-50 são inferiores das que têm o F-22 e F-35”, destacou a publicação.

    No início deste ano, o analista na área de defesa, Dave Majumdar, expressou a mesma ideia quando comparou o T-50 com o Lockheed Martin F-22 Raptor, o primeiro caça da quinta geração no arsenal de Washington. Ambos os aviões têm muito em comum e podem sair como vencedores de batalhas no ar. O F-22 é, com efeito, tem vantagem sobre o T-50 quando se trata de capacidades stealth.

    O T-50, a resposta da Rússia à aeronave norte-americana mais avançada Lockheed Martin F-35 Lighting II, é um avião de um tripulante, que possui dois motores e é desenhado para realizar ataques aéreos. É um avião polivalente. Espera-se que o avião substitua aviões MiG-29 e Su-27.

    O relatório diz que o T-50 entrará no serviço no fim de 2016 ou no início de 2017.

    A Business Insider nota que o T-50 poderá ser um modelo básico para construir variantes que serão exportadas. A Índia já coopera com a Rússia desenhando uma variante do T-50 e tais países como o Irão e a Coreia do Sul são compradores potenciais de futuros modelos do avião.

    Jatos Sukhoi Su-30 da Força Aérea venezuelana.
    © AP Photo/ Juan Carlos Hernandez
    Os aviões Lockheed Martin F-35 Lighting II e F-22 são no topo da lista da revista. O F-35 foi desenhado para se tornar o melhor avião militar do mundo mas nem tudo se desenvolveu como foi planejado.

    O avião tinha problemas de tudo a partir de software e até o funcionamento de motores, isso adiou a sua elaboração e afetou o seu preço que é muito alto. Além disso, não é bastante eficiente em realizar algumas de suas tarefas, destacou a publicação.

    Tags:
    revista, lista, avião, PAK FA, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik