07:40 23 Maio 2018
Ouvir Rádio
    The squadron torpedo boat 'Bystry' of Russia's Pacific Fleet during the Naval Interaction

    Navios militares russos treinam no oceano Índico

    © Sputnik / Vitaly Ankov
    Mundo
    URL curta
    1162

    Um grupo de navios da Frota do Pacífico está regressando ao porto de origem no Extremo Oriente da Rússia depois de realizar exercícios de defesa antiaérea no oceano Índico, disse o Ministério da Defesa russo nesta terça-feira (29).

    Mais de 20 navios de guerra russos saíram ao mar Báltico para manobras
    © AP Photo / RIA Novosti, Alexei Nikolsky, Presidential Press Service
    Os navios da Frota do Pacífico que participaram das manobras russo-indianas visitaram ainda portos da Indonésia e Omã, diz o serviço de imprensa naval.

    “Um destacamento de navios da Frota do Pacífico, sob comando do contra-almirante Aleksandr Yuldasev, composto pelo destróier Bystry, o navio-tanque Boris Butoma e o navio-rebocador de resgate Alatau, entrou no oceano Pacífico e, depois de ter visitado o porto indonésio de Tanjung Priok, tomou rumo ao porto de origem (Vladivostok)”, diz-se no comunicado.

    No quadro de uma missão no oceano Índico, o cruzador de mísseis Varyag efetuou o reabastecimento de água e víveres no porto de Salalah, em Omã, entre 24 e 26 de dezembro.

    Durante a missão, os navios efetuaram treinamentos de defesa antiaérea, dos grupos antiterroristas, manobras de combate. As tripulações treinaram ainda ações de sobrevivência e reabastecimento em alto mar.

    Anteriormente havia sido divulgado que o destacamento de navios da Frota do Pacífico tinha saído da cidade de Vladivostok em 2 de novembro 2015 e tomado rumo ao porto de Vishakhapatnam (Índia) onde entre 6 e 12 de dezembro tomaria parte das manobras navais Indra Navy-2015, junto com a Marinha da Índia.

    Tags:
    manobras, navio, Marinha da Rússia, Omã, Índia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik