13:22 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Bombardeiro russo Su-24 decola da base aérea de Hmeymim, na Síria

    Ministério da Defesa: Turquia confirma de fato que ataque contra avião russo foi planejado

    © Sputnik / Dmitriy Vinogradov
    Mundo
    URL curta
    Turquia abate bombardeiro russo na Síria (115)
    22483
    Nos siga no

    De acordo com o porta-voz do Ministério da Defesa da Rússia, Igor Konashenkov, a Turquia tiha planejado o ataque contra o bombardeiro russo Su-24, em 24 de novembro.

    Em um briefing desta quarta-feira (23), Konashenkov lembrou-se de um recente comunicado emitido pelas autoridades da Turquia, que contém os dados precisos sobre as missões que a aviação russa já realizou na Síria.

    "Estas palavras de Numan Kurtulmus [vice-primeiro-ministro da Turquia] podem ser compreendidas como a confirmação oficial da Turquia do fato de ela ter planejado o ataque deliberado contra o avião russo e o assassinato de militares russos", disse Konashenkov.

    Segundo o porta-voz do ministério russo, o Estado-Maior do exército turco possuía as informações exatas também sobre o voo do Su-24 abatido.

    A parte turca alega que o avião russo tinha violado o seu espaço aéreo ao voltar, em 24 de novembro, à base aérea de Hmeymim, no Norte da Síria. A Rússia refuta tanto as acusações da violação do espaço aéreo, como as alegações de que a parte turca teria advertido o avião russo antes de abatê-lo.

    A aviação russa está presente na Síria desde 30 de setembro. Moscou tinha aprovado o envio da Força Aeroespacial para satisfazer o pedido correspondente do governo de Bashar Assad, que solicitava ajuda no combate aos grupos terroristas Daesh (também conhecido como "Estado Islâmico") e Frente al-Nusra.

    Tema:
    Turquia abate bombardeiro russo na Síria (115)
    Tags:
    Igor Konashenkov, Turquia, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar