07:57 06 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    6351
    Nos siga no

    O grupo Anonymous assumiu a autoria de um cyberataque de larga escala em servidores turcos. A iniciativa faz parte de uma campanha contra o governo de Ancara motivada pelo apoio turco ao Daesh.

    O grupo ativista temporariamente derrubou cerca de 40 mil sites - a maioria já está novamente online. “O Anonymous envia uma mensagem à Turquia”, disse o grupo em sua conta no Twitter.

    Mais cedo, o Anonymous já havia publicado um vídeo com uma mensagem para Ancara.

    “Caro governo da Turquia, se você não parar de apoiar o Estado Islâmico (Daesh), nós continuaremos a atacar sua internet, seu DNS raiz, seus bancos e a derrubar seus sites do governo. Após o DNS raiz, começaremos a atingir seus aeroportos, suas forças armadas e suas conexões privadas estatais. Destruiremos sua infraestrutura bancária.”

    Os negócios escusos da Turquia com o Daesh vieram à tona nas últimas semanas, após o Ministério da Defesa da Rússia revelar imagens de satélite que mostravam o grupo terrorista transportando até 200 mil barris de petróleo em pelo menos 1.722 caminhões a outros países - especialmente a Turquia.

    A Rússia também acusou o Presidente Erdogan e sua família de envolvimento direto nas negociações de petróleo do grupo terrorista. 

    Mais:

    Anonymous promete encontrar culpados pela queda do A321 no Egito
    Anonymous começa guerra contra Estado Islâmico e terroristas fogem da Internet
    Anonymous ataca sites sauditas para salvar jovem preso
    Anonymous paralisam sites do governo canadense
    Tags:
    guerra cibernética, petróleo, terrorismo, cyberataque, Ministério da Defesa (Rússia), Estado Islâmico, Daesh, Anonymous, Recep Tayyip Erdogan, Síria, Rússia, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar