15:58 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    O ex-presidente do Uruguai, José Mujica, e a presidenta do Brasil, Dilma Rousseff durante a 3ª Conferência Nacional de Juventude, em Brasília

    Mujica: ‘Impeachment de Dilma afetará toda a região’

    Wilson Dias/Agência Brasil
    Mundo
    URL curta
    8143
    Nos siga no

    O ex-presidente do Uruguai, José Mujica, ao participar na semana passada da 3ª Conferência Nacional de Juventude, em Brasília, advertiu para as consequências de um possível impeachment da presidenta Dilma Rousseff e afirmou que “é preciso tirar o Brasil do pântano”.

    Segundo ele, as consequências de um eventual impeachment da presidenta Dilma Rousseff não afetarão apenas o Brasil, mas toda a América Latina, porque o país é determinante na região. 

    O ex-presidente também se disse surpreso de que os brasileiros não se deem conta da gravidade dessa situação.

    “Todos os dias há péssimas noticias. E como patriotas, como brasileiros, a grande luta seria tirar o Brasil do pântano. Que se faça a justiça, a justiça que se tenha que fazer. Mas acima da Justiça, acima dos que têm que ir presos, está o Brasil. Está o povo brasileiro, que trabalha, a estabilidade social, que vale mais que todo o resto”, advertiu.

    “É difícil que o sistema político, judicial, os grandes meios de comunicação, estejam conscientes do mal em que o Brasil está metido, e as consequências que têm, não só para o Brasil, mas para todos os latino-americanos”, observou o ex-presidente uruguaio. 

    Atuando atualmente como senador, Mujica destacou que há hoje no país “uma crise de confiança, que está virando uma crise econômica”.“E a crise econômica aumenta a crise de confiança”, acrescentou.

    Segundo ele, isso é uma espécie de jogo irresponsável, que paralisa o Brasil e influi em todos os vizinhos.

    “Estão jogando o jogo do bom e do mau. E, na realidade, não há mau nem bom. Estão afundando o País. Humildemente, faço um chamamento de atenção para as pessoas mais responsáveis. Não há ganhadores, são todos perdedores. Essa é minha humilde opinião”, concluiu.

    Mais:

    Na posse de Barbosa, Dilma diz que Levy foi fundamental para ajustes na economia
    Dilma Rousseff dá posse hoje ao novo ministro da Fazenda
    Joaquim Levy admite conversas com a Presidenta Dilma sobre saída do Governo
    Vitória de Dilma no STF: Senado terá palavra final sobre impeachment
    Opinião: Preservação dos programas sociais no Orçamento 2016 é vitória de Dilma
    Manifestações pró-Dilma levam milhares às ruas em pelo menos 20 estados
    Tags:
    crise, impeachment, José Mujica, Dilma Rousseff, América Latina, Uruguai, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar