01:11 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Militantes do Taliban no Afeganistão (foto de arquivo)

    Talibã ocupa área-chave no Afeganistão

    © AP Photo /
    Mundo
    URL curta
    Afeganistão entre OTAN e Talibã (109)
    1127
    Nos siga no

    Os militantes do movimento terrorista Talibã tomaram o , na noite de domingo (20) para segunda-feira (21) , da área de Sangin na província de Helmand, no sul do Afeganistão, disse a agência Xinhua hoje (21).

    “Após confrontos violentos com as forças de segurança na área de Sangin durante os últimos dias, esta noite os militantes do Talibã tomaram o edifício do governo no centro do bairro”, disse à agência uma fonte familiar com a situação. 

    Segundo os dados da Xinhua, as Forças Armadas governamentais precisavam agudamente de munições e apoio aéreo durante os confrontos com terroristas.  

    De manhã de segunda-feira (21) o primeiro-ministro do Afeganistão, Abdullah Abdullah, realizou uma reunião de emergência com os chefes dos serviços de segurança do país para discutir a situação na província de Helmand. 

    “O governo toma medidas para preceder a ações imediatas em Helmand. Estas ações irão repelir os ataques dos inimigos”, disse Abdullah. 

    Nesta sexta-feira (18) o exército afegão retomou o controle da área de Hanshin, na província de Helmand. Porém anteriormente os militantes realizaram tentativas bem sucedidas de conquista das zonas de Musa Qala e Nawzad, em Helmand. 

    A situação no Afeganistão piorou visivelmente nos últimos meses. O movimento terrorista Talibã, que anteriormente conquistou grandes territórios nas áreas rurais do país, agora iniciou uma ofensiva contra as grandes cidades. No fim de setembro, os talibãs conquistaram a cidade de Kunduz, que em tempos de paz tinha uma população de mais de 300 mil habitantes, e agora realiza ataques contra a cidade de Gazni, centro administrativo da província homônima, situada no sudoeste da capital do país, Cabul.

    Além do Talibã, o Daesh também está ampliando a sua atividade no Afeganistão. Segundo informou a chancelaria russa, por exemplo, a ameaça de criação de uma praça-forte do Daesh no Afeganistão, para desestabilizar a região, torna-se cada vez mais real.

    Tema:
    Afeganistão entre OTAN e Talibã (109)
    Tags:
    confrontos, terrorismo, Talibã, Daesh, Abdullah Abdullah, Kunduz, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar