18:51 16 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Caixa preta do Su-24 russo abatido pela Turquia no céu da Síria em 24 de novembro

    Caixa-preta do Su-24 é decifrada na presença de especialistas estrangeiros

    © Sputnik / Anton Denisov
    Mundo
    URL curta
    Turquia abate bombardeiro russo na Síria (115)
    13302
    Nos siga no

    Especialistas da China, Reino Unido e os Estados Unidos participaram dos trabalhos para decifrar a caixa preta do bombardeiro russo Su-24 abatido pela Turquia no céu da Síria, declarou o Ministério da Defesa russo.

    Os especialistas estrangeiros não têm quaisquer queixas sobre o processo de obtenção de dados da caixa-preta do Su-24, disse o Ministério da Defesa russo.

    O Ministério da Defesa russo sublinhou que a recuperação dos dados do radar do Su-24 é impossível no presente momento por causa de danos internos e pediu o apoio por parte de institutos científicos que possuem tecnologias avançadas de extração de informações e decifragem.

    "A extração de dados das placas de memória é impossível no momento atual por causa de danos internos. A comissão está estudando a possibilidade de usar a assistência de institutos científicos russos que possuem capacidades de obter informações diretamente do microchip", disse o general Sergei Bainetov, chefe do departamento de segurança aérea do Ministério da Defesa russo.

    13 dos 16 microesquemas foram completamente destruídos; os restantes três estão danificadas. Pelo menos, um microchip do Su-24 pode ser decifrado, afirmou o Ministério da Defesa russo.

    "Infelizmente, estes trabalhos levarão bastante muito tempo mas faremos todo o possível para atingir o sucesso", afirmou Bainetov.

    Em 24 de novembro o avião militar russo Su-24 caiu na Síria depois de ter sido derrubado por um caça turco F-16. Ancara disse que o ataque foi uma resposta à alegada violação do espaço aéreo turco pelo bombardeiro russo. O Estado-Maior da Rússia e Comando da Defesa Aérea da Síria afirmaram repetidamente que o Su-24 russo não entrou no espaço aéreo da Turquia.

    Em 8 de dezembro o presidente russo Vladimir Putin ordenou que a caixa-preta do Su-24 russo fosse aberta somente em presença de especialistas estrangeiros. 

    Em 18 de dezembro, a caixa-preta do Su-24 foi aberta em presença de especialistas da China e dos EUA. Segundo o Ministério da Defesa russo, os primeiros dados decifrados devem ser divulgados em 21 de dezembro.

    Tema:
    Turquia abate bombardeiro russo na Síria (115)
    Tags:
    especialistas, caixa-preta, Su-24, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar