13:45 16 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Praça de Independência em Kiev, Ucrânia

    ‘Moratória da dívida ucraniana não é surpresa para Rússia’

    © Sputnik/ Vitaly Belousov
    Mundo
    URL curta
    9181

    Na sexta-feira (18) entrou em vigor uma disposição do gabinete de ministros da Ucrânia sobre a moratória da dívida com a Rússia, cujo prazo do pagamento expira em 20 de dezembro do ano em curso.

    O decreto do governo ucraniano diz que a Ucrânia suspende temporariamente os seus pagamentos da dívida.

    Segundo o vice-ministro das Finanças russo, Sergei Storchak, a decisão da Ucrânia não se tornou nenhuma surpresa para a Rússia.

    “O primeiro que eu queria dizer é que isso não é uma surpresa para nós, nós estávamos aguardando tais ações por causa daquela linha política que as autoridades ucranianas têm promovido nos últimos seis meses”, disse Storchak em entrevista ao canal televisivo russo Rossiya-24.

    O vice-ministro russo afirmou que a decisão ucraniana de congelar pagamentos da dívida à Rússia não alterará planos da Rússia de resolver a situação no tribunal, acrescentando que o processo judicial será iniciado dentro de 10 dias depois de prazo de pagamento expirar. Moscou considera que é pouco provável que a Ucrânia vence o processo judicial.

    “Os colegas da Ucrânia como participantes potenciais dum processo judicial não têm chances de vencer este processo judicial”, afirmou Storchak.

    O vice-ministro das Finanças russo disse que agora a Rússia não pretende tomar a decisão de pedir ao Fundo Monetário Internacional para bloquear o programa de ajuda à Ucrânia acrescentando que a Rússia não sabe quais recursos financeiros adicionais usará a Ucrânia para realizar reformas estruturais.

    “O problema de qualquer credor é que está interessado pelo crescimento econômico do seu devedor”, ressaltou.

    A dívida soberana que Ucrânia deve à Rússia monta a 3 bilhões de dólares. O presidente russo, Vladimir Putin, não deixou de sublinhar que a Rússia estava pronta para ajudar a Ucrânia na eventual reestruturação da dívida. Bastava Kiev apresentar o pedido correspondente, mas isso não aconteceu. Putin ordenou que o governo russo entre com uma ação penal em relação à Ucrânia se esta não pagar a dívida à Rússia.

    Tags:
    moratória, prazo, pagamento, dívida, Sergei Storchak, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik