15:30 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Estado Islâmico: pior ameaça mundial (299)
    14111
    Nos siga no

    Simpatizante do Daesh ofereceu uma nova e incomum arma ao grupo terrorista também conhecido como Estado Islâmico: pássaros-bomba suicidas!

    Um simpatizante anônimo do Daesh inventou um novo método para combater ataques aéreos contra o grupo terrorista, segundo relata o jornal Washington Post.

    De acordo com o diário, um site de notícias chamado Vocativ descobriu um "plano complexo para combater aviões da coalizão que estão realizando missões antiterrorismo no Iraque."

    O plano aparentemente envolve amarram bombas leves a pássaros especialmente treinados para voar na direção de um caça e, então, detonar o explosivo.

    Segundo o jornal, o simpatizante sugeriu o uso de uma bomba Urea — dispositivo que ele acredita ter sido usado pelo Daesh para destruir o avião russo do voo A-321, que caiu na Península do Sinai, em outubro.

    Ele também disse que duas espécies de pássaros seriam as ideais para o propósito: o falcão peregrino e o grifo de rüppel, uma espécie de abutre encontrada na África. Apesar do habitat dos animais, o simpatizante afirmou que as aves "podem ser contrabandeadas ou encontradas em zoológicos na Síria e no Iraque."

    Também em 2015, diz a reportagem do Washington Post, relatos não confirmados sugeriram que militantes do Daesh tentaram colocar explosivos em galinhas, também com a intenção de transformar essas aves em pássaros-bomba,

    Tema:
    Estado Islâmico: pior ameaça mundial (299)

    Mais:

    Exército sírio ataca militantes do Daesh em províncias-chave
    Coalizão islâmica contra Daesh é instrumento para salvar regime saudita
    Coalizão executa 14 ataques aéreos contra o Daesh na Síria e no Iraque
    Obama: Daesh já perdeu 40% de seu território no Iraque
    General norte-americano: Rússia (e não o Daesh) é o inimigo nº 1 dos EUA
    Exército Livre da Síria disposto a conceder dados à Rússia para combater Daesh
    Tags:
    animais, suicida, pássaro-bomba, terrorismo, Washington Post, Daesh, Estado Islâmico, Iraque, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar