23:34 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, cumprimenta Raul Castro, presidente de Cuba

    Obama pede que Congresso encerre embargo contra Cuba

    © REUTERS / Jonathan Ernst
    Mundo
    URL curta
    Normalização de relações entre Cuba e EUA (67)
    852
    Nos siga no

    O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou que seu país continuará o processo de normalização das relações com Cuba em 2016. O líder americano também reiterou seu pedido para que o Congresso do país encerre o embargo comercial contra Cuba.

    Os Estados Unidos continuarão o processo de normalizar relações com Cuba em 2016, afirmou o Presidente Barack Obama, nesta quinta-feira, dia que marca o aniversário de um ano de seu pronunciamento anunciando a normalização de relações com Cuba.

    "Mudanças não acontecem da noite para o dia, e a normalização será uma longa jornada. Os últimos 12 meses, entretanto, são um lembrete do progresso que podemos alcançar quando traçamos o curso para um futuro melhor. No próximo ano, continuaremos neste caminho, dando poder a cubanos e americanos para liderarem o processo."

    Obama também disse que o Congresso americano deveria encerrar o que resta do embargo comercial a Cuba. Washington e Havana já anunciaram um acordo no setor de aviação civil, permitindo voos regulares entre os dois países.

    "Estamos avançando em nossos interesses comuns e trabalhando juntos em questões complexas", disse o presidente americano. "o Congresso pode apoiar uma vida melhor para o povo cubano encerrando o embargo que é um legado de uma política fracassada."

    Em dezembro de 2014, Obama anunciou que os EUA normalizariam suas relações com Cuba. Os dois países reabriram embaixadas em suas respectivas capitais no mês de julho, depois de mais de 50 anos de hostilidades.

    Tema:
    Normalização de relações entre Cuba e EUA (67)

    Mais:

    A volta do relacionamento Havana-Washington é uma vitória da Revolução Cubana
    Rússia e Cuba fecham acordos de cooperação em Havana
    Convenção de Rádio e Televisão Cuba 2015 combate monopólios de mídia
    Assembleia Geral da ONU pede fim do embargo a Cuba, mas EUA e Israel se opõem
    ONU: Cuba apoiará Rússia contra as sanções, diz embaixador
    ONU vota o fim do embargo a Cuba e pode fazer história
    Tags:
    relações, normalização, embargo, Congresso dos EUA, Raúl Castro, Barack Obama, Cuba, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar