00:24 17 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Adam Szubin, diretor do Escritório do Departamento do Tesouro para Controle de Bens no Estrangeiro, entrevistado pela Associated Press

    Rússia e EUA são parceiros em resolução contra financiamento a terrorismo

    © AP Photo / Charles Dharapak
    Mundo
    URL curta
    Estado Islâmico: pior ameaça mundial (299)
    55124
    Nos siga no

    A Rússia e os Estados Unidos apresentarão ao Conselho de Segurança da ONU uma resolução contra o financiamento a organizações terroristas, afirmou nesta quarta-feira Adam Szubin, subsecretário do Tesouro americano para Terrorismo e Inteligência Financeira.

    "Vamos apresentar a resolução de amanhã em parceria com os russos, levando o documento em conjunto ao Conselho de Segurança", disse Szubin em encontro com jornalistas.

    O subsecretário disse ainda esperar que o Conselho de Segurança adote a resolução. O texto prevê sanções ao Daesh, grupo terrorista também conhecido como Estado Islâmico.

    "Esperamos que o Conselho de Segurança adote a nova resolução para concentrar seu antigo regime de sanções contra a Al-Qaeda na ameaça do Daesh", disse Szubin.

    O oficial americano explicou que a resolução classifica fazer negócios com o Daesh como ofensa punível com sanções. Isso, segundo Szubin, daria a Washington mais flexibilidade para agir contra quem estiver auxiliando o grupo terrorista.

    Tema:
    Estado Islâmico: pior ameaça mundial (299)

    Mais:

    Coalizão islâmica contra Daesh é instrumento para salvar regime saudita
    Quando Daesh for derrubado, EUA ajudarão rebeldes a combater Assad e Rússia?
    Coalizão executa 14 ataques aéreos contra o Daesh na Síria e no Iraque
    General norte-americano: Rússia (e não o Daesh) é o inimigo nº 1 dos EUA
    Exército Livre da Síria disposto a conceder dados à Rússia para combater Daesh
    Top 6 das armas mais usadas pelos terroristas do Daesh
    Tags:
    terrorismo, financiamento, resolução, Conselho de Segurança da ONU, ONU, Estado Islâmico, Daesh, Adam Szubin, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar