05:54 26 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Turquia abate bombardeiro russo na Síria (115)
    42864
    Nos siga no

    A Turquia deve cumprir três condições para superar a tensão que surgiu depois da derrubada do caça russo Su-24 em 24 de novembro em território sírio. A declaração é do embaixador russo em Ancara, Andrei Karlov, nesta segunda-feira (14).

    A Turquia deve cumprir três condições para superar a tensão que surgiu depois da derrubada do caça russo Su-24 em 24 de novembro em território sírio. A declaração é do embaixador russo em Ancara, Andrei Karlov, nesta segunda-feira (14).

    Ele disse que o primeiro requisito é que a Turquia faça um pedido de desculpas pelas mortes dos dois militares da Rússia; em segundo lugar, encontrar e punir os responsáveis por este ato; em terceiro, a Rússia deve receber uma indenização.

    "Se as nossas expectativas não forem cumpridas, outras declarações por parte da Turquia terão nenhum efeito", disse ele.

    Karlov observou que "embora a Turquia seja a favor do diálogo, também faz declarações que não contribuem para a aproximação".

    As relações entre a Rússia e a Turquia se deterioram após a Turquia ter abatido em 24 de novembro um caça russo em território sírio enquanto este retornava à sua base depois de bombardear alvos terroristas.

    O ataque resultou na morte de um dos dois pilotos. Outro militar russo morreu durante a operação de resgate.

    Moscou respondeu com uma série de restrições econômicas contra Ancara, que se recusou a apresentar um pedido de desculpas oficial pela derrubada do avião russo. 

    Tema:
    Turquia abate bombardeiro russo na Síria (115)

    Mais:

    Turquia é ponto de passagem de drogas afegãs
    Rússia pode levantar questão de sanções contra Turquia na ONU
    Rússia avisa Turquia das consequências negativas de ‘ações irresponsáveis’
    Aliados da Rússia ‘viram as costas’ à Turquia
    Exército sírio desaloja islamistas de zona de fronteira com Turquia
    Rússia bombardeia alvos do Daesh próximos à fronteira com a Turquia
    Tags:
    embaixador, Su-24, Ancara, Turquia, Moscou, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar