05:06 25 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    7340
    Nos siga no

    Nenhum desenvolvimento político momentâneo pode acabar com a persistente amizade entre Rússia e Bulgária, afirmou nesta quinta-feira o embaixador búlgaro em Moscou, Boyko Kotsev.

    "Nossas relações se baseiam em uma história de 14 séculos de amizade. Essas relações foram testadas ao longo do tempo, e nenhum evento oportunista de hoje pode tirá-las de nós", afirmou o diplomata durante participação em uma cerimônia em homenagem aos militares russos que foram mortos no Cerco de Plevna, em 1877. 

    Segundo Kotsev, o grande feito e o sacrifício dos russos "abriram o caminho para a liberação do povo búlgaro após séculos de domínio otomano e para a restauração do Estado da Bulgária". 

    O cerco da cidade búlgara de Plevna, que ocorreu entre 20 de julho e 10 de dezembro de 1877, se tornou um dos principais episódios da Guerra Russo-Turca de 1877-1878, que resultou na rendição das forças do Império Otomano e na posterior emancipação da Bulgária.

    Mais:

    Bulgária fechou seu espaço aéreo para aviões russos
    EUA enviam tanques à Bulgária para ‘conter' a Rússia
    Tags:
    Cerco de Plevna, Guerra Russo-Turca de 1877-1878, Boyko Kotsev, Plevna, Império Otomano, Bulgária, Turquia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar