16:04 11 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    20361
    Nos siga no

    Nesta quinta-feira (10) o exército da Síria avançou aproximando-se do ponto de passagem na província localizada no sudoeste do país, perto da fronteira com a Jordânia, segundo divulgou a agência noticiosa iraniana Fars.

    As fontes da agência divulgaram que a ofensiva tinha sido realizada após as forças sírias conseguiram realizar um "avanço sério" na cidade de Daraa. Segundo eles, o exército atualmente está a um passo de atingir a área estratégica geralmente chamada de travessia Al-Jamrak.

    Mais cedo na semana em curso, as tropas governamentais sírias atacaram os jihadistas nos arredores das cidades de al-Shaykh Maskin e Ataman, localizadas na mesma província.

    Além disso, as forças do governo sírio conseguiram retomar o controle sobre vastas áreas da estrada estratégica entre as cidades de Damasco e Homs, no centro da Síria.

    Dezenas de militantes terroristas foram declarados mortos e muitos, feridos no âmbito dos combates que estavam sendo realizados. No entanto, surgiam informações comentando que as Forças Armadas da Síria tinham detectado e destruído um túnel usado pelos terroristas do Daesh na área.

    Ainda mais, o exército da Síria com ajuda de grupos da defesa aliados consegui retomar controle sobre áreas-chave na parte ocidental do país, na província de Lataquia, matando também muitos terroristas.

    Lembramos que a ajuda do ar é prestada pelas Forças Aéreas russas, que estão sendo realizando ao pedido oficial de Bashar Assad a operação contra terroristas na Síria. O início à operação foi dado em 30 de setembro e os êxitos dela já foram admitidos pelos vários políticos e especialistas de todo o mundo.

    Em particular, a ofensiva do exército no norte rural Latakia foi ajudado por uma série de ataques aéreos da Força Aérea russa, que também alvejaram terroristas em cidades de Aleppo, Idlib, Hama e Homs.

     

    Uma coalizão internacional liderada pelos EUA também está participando do combate antiterrorista na Síria, mesmo sem obter mandato correspondente das autoridades sírias. A Rússia e a coalizão trocam várias informações, principalmente dados sobre voos de combate. O comando da coalizão insiste que os aviões russos bombardeiam instalações da assim chamada "oposição moderada" síria, além dos terroristas; Moscou refuta tais acusações.

    Mais:

    Coalizão internacional não divulga a verdade completa
    Tags:
    exército, combate, terrorismo, Daesh, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar