16:28 26 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    6153
    Nos siga no

    O ministro das Finanças russo, Anton Siluanov, declarou que a Rússia não tem planos de negar a participação no Fundo Monetário Internacional (FMI).

    Siluanov declarou nesta quinta-feira (10) a jornalistas:

    "Em relação ao Fundo Monetário Internacional, nós somos um dos membros-chaves do fundo e cremos que é desnecessário deixar de participar no fundo por causa da situação complexa que aconteceu hoje", disse.

    Mais cedo nesta quinta Siluanov declarou que a mudança da política de empréstimos do FMI antes do prazo final da recompensa pela Ucrânia da sua dívida à Rússia de US$ 3 bilhões levanta a questão de imparcialidade da entidade financeira.

    O conselho de diretores do FMI divulgou na terça-feira que tinha realizado a votação para aprovar empréstimos aos países que têm sérios volumes de atrasos em pagamento aos seus credores oficiais. Muitos prognosticam que a Ucrânia, que reestruturou a sua dívida externa de US$ 15 bilhões no outono do ano corrente, anuncie default por causa da falta do pagamento da sua dívida em eurobonds à Rússia de US$ 3 bilhões até 20 de dezembro.

    Mais:

    Credores da Ucrânia parecem não se preocupar com possível default
    Tags:
    credores, dívida, economia, FMI, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar