23:21 12 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    O presidente russo, Vladimir Putin, e o premiê italiano, Matteo Renzi. Foto de arquivo

    Itália tenta evitar renovação automática das sanções antirrussas da UE

    © Sputnik / Mikhail Klimentiev
    Mundo
    URL curta
    Guerra de sanções entre Rússia e Ocidente (177)
    3131
    Nos siga no

    A Itália tomou medidas para bloquear a renovação automática das sanções antirrussas por parte da União Europeia (UE), solicitando um debate político em vez disso, segundo informou o canal de televisão estatal italiano RaiNews 24, citando fontes diplomáticas.

    As sanções econômicas europeias contra a Rússia expiram em 31 de janeiro de 2016. Espera-se que a UE vá discutir a possibilidade de estendê-las ao longo da próxima semana. Depois disso, os chefes dos ministérios das Relações Exteriores do bloco aprovariam as medidas em 14 de dezembro, e a decisão formal seria feita na Cúpula da UE em Bruxelas entre 17 e 18 de dezembro.

    De acordo com a RaiNews 24, a Itália não aprova o prolongamento "automático" das sanções por mais seis meses e, por isso, se dirigiu a Luxemburgo, país que atualmente detém a Presidência do bloco, para solicitar a discussão do tema sob a forma de um debate.

    As relações entre a Rússia e a União Europeia ficaram mais tensas em 2014, quando Bruxelas se uniu a Washington para acusar Moscou de interferir na crise ucraniana – alegação sempre negada pelo Kremlin. Desde então, e especialmente desde a reintegração da Crimeia ao território russo – processo decidido em referendo popular, de acordo com o princípio de autodeterminação dos povos – o Ocidente impõe sanções econômicas antirrussas como medida punitiva.

    Em resposta, a Rússia anunciou em agosto de 2014 um embargo de um ano à importação de produtos alimentícios originários de países europeus que haviam imposto sanções contra Moscou. A proibição também foi estendida por mais um ano.

    Tema:
    Guerra de sanções entre Rússia e Ocidente (177)

    Mais:

    Sanções russas representam duro golpe para economia turca
    'Europa pode suspender sanções contra a Rússia antes de 2017'
    ‘É bárbaro prolongar sanções contra Rússia após ataques terroristas’
    Tags:
    comércio, exportação, importação, crise ucraniana, autodeterminação dos povos, proibição, prorrogação, debate, medidas econômicas, restrições, embargo, sanções, Cúpula da União Europeia, EUA, Crimeia, Luxemburgo, Ucrânia, União Europeia, Rússia, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar