15:08 22 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    1221
    Nos siga no

    O Comitê de Segurança e Defesa do Parlamento iraquiano está revendo o acordo de segurança com os EUA por conta da incapacidade de Washington de enfrentar a crise no país. A informação foi passada à Sputnik nesta quarta-feira (9) por Hamid al-Mutlaq, um dos membros do grupo de deputados.

    O parlamentar afirmou que a revisão ou o cancelamento do acordo acontecerá por falta de uma reação clara de Washington ao agravamento da situação no Iraque. Ele afirmou que os EUA não se preocupam seriamente com o cumprimento do documento. “Exigimos a anulação.”

    “O Iraque será protegido apenas por seus filhos, e a Turquia deve se retirar (suas tropas), porque o solo iraquiano é santo e sua soberania é a linha vermelha. Temos o direito de dar a esta questão um caráter internacional e exigir que as tropas turcas se retirem por meio do Conselho de Segurança da ONU”, disse al-Mutlaq.

    Na segunda-feira (7), o premiê iraquiano, Haider Abadi deu 24 horas para a saída dos militares da Turquia do território do Iraque para evitar que o assunto fosse analisado pelo Conselho de Segurança da ONU. Ancara se recusou a fazê-lo.

    As Forças de Mobilização Popular do Iraque, por sua vez, se comprometeram a tomar as medidas adequadas contra as forças turcas se Ancara não retirar suas tropas do país dentro do prazo estabelecido pelo governo iraquiano.

    Tags:
    Iraque, Turquia, Ancara, Bagdá, EUA, Washington, Haider Abadi, Parlamento, ONU, Nações Unidas, Conselho de Segurança da ONU, Forças de Mobilização Popular, tropas, saída, retirada, acordo, cancelamento, revisão, segurança, incapacidade, enfrentar, crise
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar