06:45 17 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Barris de petróleo

    Barril de petróleo bate nova mínima desde 2009

    © flickr.com/ Sergio Russo
    Mundo
    URL curta
    461709

    Os preços mundiais de petróleo continuam reagindo mal nesta segunda-feira (7) à decisão da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) em manter o nível atual de produção da commoditie.

    A cotação do barril da marca Brent ultrapassou a marca dos 42 dólares pela primeira vez desde 24 de fevereiro de 2009, enquanto o petróleo da marca WTI já registra uma queda de quase 4% nas bolsas.

    Até 13:06 (horário de Brasília), as mínimas registradas pelas marcas Brent e WTI foram de 41,62 e 38,41 dólares por barril, respectivamente.

    Na sexta-feira (4) o secretário geral da OPEP, Abdalla Badri, afirmou que a decisão sobre o limite de produção de petróleo foi adiada para 2016 por causa do retorno do Irã ao mercado após o fim das sanções internacionais. Desde 2011, o limite da produção de petróleo da OPEP está estabelecido em 30 milhões de barris por dia.

    Além disso, os investidores esperam que em dezembro haja um aumento da taxa básica do Sistema de Reserva Federal dos EUA. As expectativas favorecem a valorização da moeda norte-americana, o que afeta negativamente a dinâmica dos preços de commodities.

    Entre meados de 2014 e início de 2015 os preços mundiais de petróleo despencaram bruscamente em mais de 50% – de 115 para 48,5 dólares por barril da marca Brent. Este ano, as cotações não ultrapassaram a marca de 67 dólares por barril e a média dos preços se manteve em 55 dólares, tendo sido ainda mais baixa entre os meses de agosto e novembro – 48 dólares por barril.

    A Opep é uma organização internacional fundada por nações exportadoras de petróleo, em 1960, destinada a coordenar a sua quota de mercado de petróleo bruto. Atualmente, possui 12 membros, que são Irã, Iraque, Arábia Saudita, Kuwait, Venezuela, Catar, Líbia, Emirados Árabes Unidos, Argélia, Nigéria, Equador e Angola.

    Mais:

    Exportações de petróleo por rublos podem aumentar
    Rússia testa sistema de vendas de petróleo em rublos
    Tags:
    petróleo, commodities, preços, petróleo, OPEP
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik