10:48 26 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Ucrânia em foco da política internacional (289)
    1729
    Nos siga no

    O secretário de Estado dos EUA John Kerry declarou durante uma reunião com o chanceler da Grécia Nikos Kotziasom que as conversações entre os presidentes da Rússia e dos EUA sobre a regulação da crise síria foram muito positivas. A informação foi prestada com exclusividade à Sputnik por uma fonte diplomática em Atenas.

    “Kerry falou sobre o desenrolar da situação na Ucrânia. Ele [Kerry] contou que o assuntou foi muito bem debatido por Putin e Obama em Paris. Uma discussão muito boa, de nível excepcional” – disse o interlocutor.

    Os presidentes dos EUA e Rússia realizaram no dia 30 de novembro um encontro bilateral no âmbito da cúpula climática COP21, em Paris. Promovida a portas fechadas, a conversa dos dois líderes durou mais de meia hora. O porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov, revelou que na ocasião ambos destacaram a necessidade da implementação o mais rápido possível dos acordos de Minsk sobre a Ucrânia.

    Nas palavras do diplomata entrevistado pela Sputnik, durante a reunião “foi abordado o tema do cumprimento dos acordos de Minsk e é provável que haja um acordo entre os EUA e a Rússia”. “Kerry acredita que a cooperação com a Rússia está progredindo, embora haja obstáculos” – completou o interlocutor.

    Desde meados de abril de 2013 a Ucrânia promove uma operação militar para atacar as forças independentistas no leste da Ucrânia. Estas não reconhecem a legitimidade das novas autoridades ucranianas que chegaram ao poder após um golpe de Estado em Kiev.

    Os Acordos de Minsk, assinados pelo “quarteto da Normandia” (Alemanha, Rússia, França e Ucrânia) em 12 de fevereiro de 2014, prevêem a retirada de tropas e o cessar-fogo completo, mas os representantes de Donetsk e Lugansk têm repetidamente declarado que Kiev viola essas condições.

    Desde então, o quarteto já aprovou outros dois documentos regulamentando as etapas necessárias para a resolução do conflito. O último cessar-fogo na região entrou em vigor no dia 1 de setembro. Apesar das ações diplomáticas, a situação já provocou a morte de mais de 8 mil pessoas, segundo últimos dados da ONU.

    Tema:
    Ucrânia em foco da política internacional (289)
    Tags:
    reunião, ONU, Vladimir Putin, Barack Obama, John Kerry, Nikos Kotziasom, Paris, Ucrânia, EUA, Rússia, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar