05:32 25 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    2226
    Nos siga no

    O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, defendeu nesta sexta-feira (4) a necessidade do envio de tropas terrestres à Síria. A medida precisa de autorização de Damasco, mas segundo uma fonte ouvida pela TV Hispan, os EUA preparam 50 grupos para o território sírio.

    Kerry afirmou, em uma reunião ministerial da Organização para a Cooperação e Segurança na Europa (OSCE), em Belgrado, que sem as tropas terrestres não seria possível vencer o Daesh (também conhecido como Estado Islâmico, grupo terrorista proibido na Rússia e em outros países). Ele minimizou a possibilidade de êxito somente com bombardeios aéreos.

    Enquanto isso, o Exército sírio, com o apoio da Força de Defesa Nacional, de combatentes do Hezbollah e da Força Aérea da Rússia, vem alcançando sucessivas vitórias na Síria. Milhares de terroristas foram mortos, muitos fugiram para países próximos e grupos de militantes se entregam diariamente. As principais infraestruturas utilizadas pelo Daesh e demais facções estão sendo aniquiladas.

    Na quarta-feira (2), os EUA anunciaram o envio de 100 unidades das Forças Especiais de Operações norte-americanas para o Iraque. Bagdá, porém, reagiu à iniciativa afirmando que qualquer operação estrangeira no país necessita da autorização do governo.

    A Rússia enviou aviões para a Síria após um pedido oficial de Damasco e trabalha em coordenação com militares sírios.

    Tags:
    EUA, Síria, Damasco, Rússia, Iraque, Bagdá, John Kerry, OSCE, Exército, Força de Defesa Nacional, Hezbollah, Estado Islâmico, Daesh, Força Aérea, bombardeios, forças terrestres, permissão, pedido, operação, terroristas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar