19:18 28 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Petróleo do Daesh vai parar na Turquia? (24)
    4019
    Nos siga no

    O conselheiro do copresidente do Partido de União Democrática dos curdos sírios (PYD), Sihanok Dibo, disse numa entrevista à Sputnik que militantes do Daesh, Frente al-Nusra, Ahrar al-Sham e Exército Livre da Síria estão atacando as posições das tropas curdas de autodefesa em aldeias perto das cidades de Afrin e Azaz, na província de Aleppo.

    “Os grupos que atacam as tropas curdas de autodefesa do YPG e unidades do Exército Revolucionário [parte da coalizão Forças Democráticas Curdas, apoiada pelos EUA] recebem apoio da Turquia, Qatar e de uma série de outros países. O objetivo deles é consolidar-se na região que a Turquia quer tornar em uma zona tampão. Estes ataques visam a criação da assim chamada zona de segurança no território de Jarabulus até o litoral do mar Mediterrâneo…”, disse Dibo.

    Respondendo à questão se as Forças Aeroespaciais da Rússia apoiam do ar as operações das tropas curdas na área de Afrin e Azaz, o político disse o seguinte:

    “Perguntam-nos frequentemente se a Rússia ajuda com armas. Até o momento atual, esta ajuda não foi proporcionada. Claro que gostaríamos que as nossas relações com a Rússia se desenvolvessem mais ativamente. A aproximação com a Rússia iria fornecer-nos apoio considerável. Somos a favor de  uma cooperação próxima com as forças que efetuam ataques contra o Daesh [também conhecido como Estado Islâmico] na Síria”. 

    Sihanok Dibo negou mais uma vez a informação de chegada de militares americanos a Kobane e al-Jazira:

    “Tais informações aparecem frequentemente na mídia mas não correspondem à realidade”.

    Entretanto o político curdo sublinhou que as forças do Curdistão Sírio preparam uma operação em Raqqa e Jarabulus e iniciarão uma ofensiva naquela área assim que chegue o momento oportuno.

    Desde 30 de setembro último, a pedido do presidente sírio Bashar Assad, a Rússia iniciou ataques localizados contra as posições do Estado Islâmico na Síria.

    Tema:
    Petróleo do Daesh vai parar na Turquia? (24)
    Tags:
    terrorismo, confrontos, Ahrar al-Sham, Frente al-Nusra, Estado Islâmico, Qatar, Turquia, Curdistão sírio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar