18:46 21 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Barack Obama e Xi Jinping, em Paris.

    Xi Jinping e Barack Obama discutiram tensão entre China e EUA em Paris

    © REUTERS/ Kevin Lamarque
    Mundo
    URL curta
    641

    O encontro entre o presidente chinês, Xi Jinping, e seu colega dos EUA, Barack Obama, em Paris, antes do início da COP 21, na segunda-feira (30), não se limitou às questões ambientais. Os dois líderes puderam conversar sobre focos de tensão entre os países, como o Mar da China Meridional, o apoio norte-americano a Taiwan e a segurança cibernética.

    Jinping afirmou que a atual conjuntura global tornou as relações entre Pequim e Washington bastante significativas e que o crescimento desta cooperação é importante. Ele disse que, desde sua visita aos EUA, em setembro, os governos das duas nações estão trabalhando duro para fazer novos progressos neste sentido.

    “É importante administrar as nossas diferenças e questões sensíveis de forma construtiva, buscando um crescimento sustentável, saudável e estável de nossas relações”, afirmou Xi Jinping.

    Barack Obama, por sua vez, entende que os canais de comunicação estabelecidos são satisfatórios e acredita que EUA e China continuarão cooperando na promoção da economia mundial e na gestão de conflitos.

    O líder chinês, após sua participação na conferência sobre mudanças climáticas da ONU, rumou para o Zimbabwe, onde foi recebido nesta terça-feira (1) pelo presidente do país, Robert Mugabe, que também preside a União Africana. No ano passado, os dois se reuniram em Pequim.

    Tags:
    diferenças, viagem, visita, segurança cibernética, conflitos, economia, relações, cooperação, tensão, encontro, reunião, COP21, União Africana, Nações Unidas, ONU, Robert Mugabe, Barack Obama, Xi Jinping, Taiwan, Mar da China Meridional, Zimbabwe, Paris, Washington, Pequim, EUA, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik