18:04 18 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Turquia abate bombardeiro russo na Síria (115)
    28422
    Nos siga no

    Ao discutir a questão com líderes mundiais durante o debate sobre o clima global em Paris, o presidente russo, Vladimir Putin, afirmou que Moscou tem certeza que o caça Su-24 foi derrubado pela Turquia para proteger entregas de petróleo do Estado Islâmico, que vem negociando o produto com a Turquia.

    "Recebemos informações adicionais confirmando que, infelizmente, petróleo de campos controlados pelo Estado Islâmico e outros grupos terroristas está sendo transportado em grandes quantidades, em escala industrial, para o território da Turquia. Temos todos motivos para acreditar que a decisão de derrubar um de nossos aviões foi ditada pelo desejo de garantir a segurança das rotas de fornecimento de petróleo aos portos onde o produto é colocado em navios-tanque", disse Putin.

    O presidente russo disse ainda que a maioria dos líderes mundiais presentes em Paris concordam que não havia necessidade de atacar o bombardeiro russo e que o avião não estava ameaçando a Turquia.

    Putin também afirmou que o conflito na Síria foi um frequente tópico nas conversas bilaterais realizadas durante a cúpula climática e disse que tem esperança de que a cooperação antiterrorismo com a França avance mais do que com outros países.

    Segundo o presidente, apesar do incidente envolvendo o Su-24, Moscou continuará buscando a formação de uma ampla coalizão internacional para combater o grupo terrorista Estado Islâmico. Putin também lamentou que as relações entre Rússia e Turquia tenham se deteriorado.

    "Acho que é lamentável para todos nós. E, para mim, pessoalmente, porque eu mesmo fiz muito para construir relações com a Turquia durante um longo período de tempo."

    Tema:
    Turquia abate bombardeiro russo na Síria (115)

    Mais:

    Avião francês faz pouso de emergência na Rússia
    'Restaurar relações com a Rússia é a primeira tarefa do governo turco'
    Hungria está aberta a diálogo com UE sobre parceria nuclear com Rússia
    Moscou cancelará o ano da cooperação entre Rússia e Turquia
    Gorbachev: Rússia e Alemanha devem lutar em conjunto contra o terrorismo
    Tags:
    incidente aéreo, transporte, entrega, contrabando, petróleo, Su-24, Estado Islâmico, Vladimir Putin, Turquia, Síria, Paris, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar