17:19 05 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Turquia abate bombardeiro russo na Síria (115)
    15351
    Nos siga no

    O Ministro da Defesa russo e o comandante das forças aeroespaciais russas receberam o corpo do piloto russo em Moscou.

    O Ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, e o comandante das Forças Aeroespaciais russas, Viktor Bondarev, receberam o avião com o corpo do piloto russo, proveniente de Ancara, em um aeródromo na região de Moscou.

    O tenente coronel morto, Oleg Peshkov, era uma pessoa muito profissional, sempre disposto a apoiar os camaradas e tentava passar bastante tempo com a família, disse à agência de notícias RIA Novosti o colega Vladimir Bogodukhov.

    De acordo com o Ministério da Defesa russo, o avião que transportava o corpo foi escoltado por caças durante o voo.

    O piloto do Su-24 morto foi condecorado com a Estrela de Herói da Federação Russa postumamente.

    "Os que inventaram e cometeram esta traição serão punidos", afirmou o chefe das forças aeroespaciais da Rússia.

    O avião russo Su-24 foi abatido por um caça F-16 turco sobre o território sírio, tendo caído a quatro quilômetros da fronteira com a Turquia. O presidente russo, Vladimir Putin, chamou a derrubada do avião um "golpe nas costas por cúmplices dos terroristas." O Estado-Maior General da Federação da Rússia afirmou que o bombardeiro não cruzou a fronteira com a Turquia, o que foi confirmado por dados da defesa aérea síria, bem como por conclusões do Pentágono. A Turquia afirma que o avião russo entrou em seu espaço aéreo.

    O piloto do Su-24, Oleg Peshkov, foi baleado a partir do solo durante a ejeção por militantes turcomenos no território por eles controlado. O copiloto salvo, Konstantin Murakhtin, disse a jornalistas que o Su-24 não cruzou a fronteira e que a tripulação não recebeu quaisquer avisos da parte de aviões turcos.

    Tema:
    Turquia abate bombardeiro russo na Síria (115)

    Mais:

    O rebelde que se gabou de matar o piloto do Su-24 russo
    Armas russas de alta precisão aniquilam Estado Islâmico
    Tags:
    Su-24, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar