16:01 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Encontro entre o presidente da Síria Bashar Assad (à direita) com Ali Akbar Velayati, principal conselheiro do líder supremo do Irã, aiatolá Khamenei, em 19 de maio 2015, em Damasco

    Conselheiro de Khamenei: 'O Irã tem a obrigação de ficar ao lado da Síria'

    © AP Photo / SANA
    Mundo
    URL curta
    13481
    Nos siga no

    Teerã vai continuar a apoiar Damasco em tudo, frente à “guerra mundial” declarada pelo Ocidente e uma série de países da região, declarou Ali Akbar Velayati, principal conselheiro do líder supremo do Irã, aiatolá Khamenei.

    Presidentes do Irã e da Rússia Hassan Rouhani e Vladimir Putin
    © AFP 2019 / ALEXEY NIKOLSKY / RIA NOVOSTI / AFP
    O conselheiro político de Khamenei acaba de chegar a Damasco este domingo (29) de manhã em visita de trabalho, durante a qual está planejado um encontro com o presidente sírio Bashar Assad e uma série de outros dirigentes da Síria.

    “As relações entre a Síria e o Irã são relações fortes e fraternas, especialmente neste momento sensível pelo qual o povo sírio e a sua direção estão passando. É dever do Irã continuar ao lado de um país amigo e do seu presidente Bashar Assad, apoiar a Síria em tudo, frente à “guerra mundial” declarada pelo Ocidente e uma série de países da região contra a Síria. Esta visita é perfeitamente natural nestas condições”, disse Ali Akbar Velayati aos jornalistas à chegada ao aeroporto internacional de Damasco.

    A guerra civil na Síria dura desde 2011 e já causou a morte de mais de 250 mil pessoas, segundo os dados da ONU. O governo sírio luta contra os vários grupos rebeldes e organizações militares, incluindo a Frente al-Nusra e o grupo terrorista Estado Islâmico. 

    Os EUA exigem a renúncia do presidente da Síria Bashar Assad e estão contra o fornecimento de qualquer ajuda a Damasco. A Rússia e o Irã, por sua vez, insistem no caráter legítimo do governo de Assad e apoiam-no na luta contra elementos terroristas na Síria. 
    Tags:
    apoio, luta, terrorismo, Ali Akbar Velayati, Bashar Assad, Aiatolá Ali Khamenei, Irã, Damasco, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar