03:32 24 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan

    Turquia não pedirá desculpas à Rússia por incidente do Su-24

    © AP Photo/ Rebecca Blackwell
    Mundo
    URL curta
    163669232

    O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, declarou que o país não irá se desculpar à Rússia pelo incidente do avião russo Su-24, abatido na última terça-feira (26).

    “Eu acho que se alguém tem que se desculpar, não somos nós. Aqueles que invadiram nosso espaço aéreo é que devem pedir desculpas. Nossos pilotos e militares simplesmente cumpriram as suas obrigações, que consistiam em responder à violação ", disse Erdogan em entrevista ao canal CNN. 

    Na última terça-feira (24), um caça russo Su-24 foi derrubado por um míssil turco no espaço aéreo sírio. O Ministério da Defesa sublinhou que, durante todo o voo, o avião se manteve sempre sobre o território da Síria. “Isto foi registrado por meios de controle objetivos", acrescentou o departamento militar. A Turquia, por sua vez, alega que o avião russo atravessou a fronteira e que os militares deram o aviso dez vezes. 

    O piloto russo Oleg Peshkov morreu com a derrubada do avião. Já o piloto Konstantin Murakhtin foi salvo e se encontra na base militar russa na Síria. 

    De acordo com o Ministério da Defesa, o piloto foi morto após ejetar e ser atacado em solo. Os meios de comunicação turcos publicaram que o avião caiu no território onde vivem turcomanos sírios.   

    Mais:

    ‘Turquia deve dar passos para regularizar situação com Su-24’
    Síria fará queixa da Turquia no Conselho de Segurança da ONU por violação de espaço aéreo
    Cooperação espacial entre UE e Rússia cresce apesar de tensões geopolíticas
    Moscou: EUA sabem quem matou o piloto do caça russo Su-24
    Reação da OTAN ao incidente com Su-24 provoca total rejeição de Moscou
    Tags:
    pedido de desculpas, Su-24, Recep Tayyip Erdogan, Síria, Turquia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik