15:46 17 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    13121
    Nos siga no

    O primeiro-ministro ucraniano Arseny Yatsenyuk disse nesta quarta-feira (25) que o governo ucraniano decidiu enfim suspender a compra de gás russo.

    Durante uma reunião de gabinete, o premiê declarou que as respectivas instruções foram passadas à empresa ucraniana Naftogaz, de modo que todas as novas compras de gás da Rússia serão suspensas. A medida já vinha sendo considerada por Kiev há algum tempo, em meio às tensões contínuas com Moscou desde o início do conflito no Leste da Ucrânia e, particularmente, desde que a Crimeia foi reintegrada à Federação Russa.

    "O governo tomou a decisão de instruir a Naftogaz a suspender a compra de gás russo, e assim não há confusão; não são eles [a Rússia] que não estão [nos] fornecendo gás, somos nós que não estamos comprando gás", disse ele.

    "Isso foi feito, em primeiro lugar, porque as ofertas provenientes dos nossos parceiros europeus, as ofertas de preços, são muito mais baratas do que as do nosso vizinho oriental", acrescentou Yatsenyuk.


    Mais:

    Ucrânia não quer pagar dívida de US$3 bilhões à Rússia
    Moscou pode interromper fornecimento de gás à Ucrânia por não pagamento
    Ucrânia nunca chegou a fazer o pré-pagamento do gás russo
    Putin: Rússia aumentará produção de gás em 40%
    Tags:
    compra, importações, gás, Naftogaz, Arseny Yatsenyuk, Crimeia, União Europeia, Moscou, Kiev, Rússia, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar