23:05 22 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Members of the Tunisian National Guard

    Ônibus da guarda presidencial da Tunísia explode no centro de Túnis

    © AP Photo / Aimen Zine
    Mundo
    URL curta
    317

    De acordo com a televisão estatal da Tunísia, um ônibus que transportava a guarda presidencial do país explodiu nesta terça-feira (24) na capital, Túnis. A hipótese de um atentado terrorista está sendo averiguada.

    ​A explosão aconteceu perto da antiga sede do RDC (partido que governou o país de 1956 a 2011) e do Ministério do Turismo, ambos situados na movimentada Avenida Mohamed V, que foi isolada pela polícia e fechada ao tráfego, exceto para carros de polícia e ambulâncias.

    ​Segundo relatos da mídia, o tráfego estava intenso na hora da explosão, e a estrada já estava obstruída devido à chuva forte e a inundações em alguns pontos.

    ​Ainda não se sabe o número exato de vítimas. Pelo menos 11 pessoas morreram, segundo informou um porta-voz do Ministério do Interior citado pela rádio local Jawhara FM.

    ​Não se sabe ainda o que causou o incidente, mas a Tunísia tem sido alvo de ameaças e atentados do Estado Islâmico. Em junho, militantes do grupo terrorista atacaram o balneário de Sousse e mataram 39 pessoas — turistas estrangeiros, em sua maioria.

    Mais:

    Praia na Tunísia é atacada por terroristas, 30 pessoas morreram
    Estado Islâmico assume autoria de ataque a museu na Tunísia
    Tags:
    guarda presidencial, ônibus, explosão, atentado, Estado Islâmico, RDC, Túnis, Tunísia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar