18:31 22 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    1491
    Nos siga no

    O chefe do departamento de engenharia do Instituto Central de Desenvolvimento da Aviação Motor P. I. Baranov, Yuri Timashkov, afirmou nesta terça-feira (24) que a Rússia deverá dobrar suas vendas de aviões militares ao longo da próxima década.

    “Em 2025 a Rússia não só deve manter a sua posição no mercado global de aviação como também dobrar o número de contratos de aeronaves militares e aumentar (o número de contratos) 1,5 vezes os da aviação civil”, disse Yuri Timashkov.

    De acordo com ele, sem o desenvolvimento de uma nova geração de propulsores essa meta não será atingível, acrescentando que a Rússia enfrenta o desafio de atualizar a tecnologia de motores e redesenhá-los tanto para aviões militares e como para civis.

    O Serviço Federal para a Cooperação Técnico-Militar (FSMTC) da Rússia contabiliza que as exportações de armas russas em 2014 excederam US$ 15,5 bilhões. As vendas relacionadas com a aviação representaram 44% das entregas.

    Tags:
    comércio, negócios, contratos, propulsores, desenvolvimento, motores, dobrar, militares, civis, aeronaves, aviões, armas, exportações, vendas, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar