10:12 15 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Bandeira Federal da Alemanha em Berlim

    Alemanha pode se juntar à operação antiterrorista na Síria

    © AFP 2017/ TOBIAS SCHWARZ
    Mundo
    URL curta
    17165

    Depois de a Rússia e a França terem começado a coordenar os seus esforços antiterroristas na Síria, a Alemanha se pode juntar à guerra contra o Estado Islâmico (EI).

    As forças aeroespaciais russas intensificaram os seus ataques aéreos contra as posições do EI na Síria. Além disso, na sequência da série de ataques terroristas em Paris, a França também ampliou a sua operação militar.

    Agora, a Alemanha se poderá juntar à guerra contra o terrorismo na região do Oriente Médio, segundo a Spiegel.

    De acordo com o artigo, os representantes da União Democrata-Cristã (CDU) apresentaram esta proposta ao governo.

    "A Alemanha deve estar preparada para lançar uma operação militar contra o EI,» disse Thomas Hitschler, membro do CDU.

    Ele acrescentou que o formato da cooperação alemã na operação antiterrorista dependeria dos seus parceiros.

    A ideia do envolvimento da Alemanha no combate ao EI é apoiada por muitos no país, exceto os «Verdes».

    Em 30 de setembro, a Rússia lançou uma ofensiva militar contra os militantes do EI na Síria, a pedido do presidente Bashar Assad. Os aviões de guerra russos têm bombardeado as infraestruturas do EI, incluindo postos de comando, campos de treinamento e depósitos de munições, estando ainda a fornecer apoio para o exército sírio, que está operando no terreno.

    No início desta semana, a Rússia e a França estabelecerem um grupo de trabalho conjunto para coordenar as ações na Síria.

    Mais:

    Pentágono: EUA não têm planos de coordenar operações com a Rússia na Síria
    Mísseis de cruzeiro russos atingem fábrica de explosivos em Idlib
    Tags:
    coalizão, terrorismo, Síria, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik