07:23 14 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    141
    Nos siga no

    Um funcionário das Nações Unidas, falando em condição de anonimato, informou à imprensa que a operação de resgate no hotel Radisson Blu, invadido por terroristas na capital do Mali, ainda está em curso. Até o momento, já foram contabilizados 29 corpos, incluindo os de dois terroristas mortos pelas forças de segurança.

    De acordo com o porta-voz da ONU no Mali, Olivier Salgado, os terroristas "vieram para matar, não para fazer reféns". 

    As equipes especiais ainda estão investigando o local, procurando por mais vítimas e mais extremistas. 

    Mais cedo, militantes radicais armados, supostamente ligados à Al-Qaeda, invadiram o Radisson Blu, em Bamako, e fizeram cerca de 170 reféns, hóspedes originários de Rússia, França, Alemanha, Bélgica, Argélia, Índia, Espanha, Canadá, China, Costa do Marfim, Marrocos, Senegal, Estados Unidos e Turquia.  Forças especiais locais, francesas e norte-americanas foram enviadas ao local e retomaram o controle do hotel, matando ao menos dois criminosos e libertando a maioria dos reféns. 

    Tags:
    terroristas, ONU, Al-Qaeda, África, Bamako, Mali
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar