02:54 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Líderes das maiores economias do mundo reunidos na Cúpula do G20, em Antalya, na Turquia.

    Estado Islâmico planejava atentado contra a cúpula do G20

    © AFP 2019 / POOL/KAYHAN OZER
    Mundo
    URL curta
    Estado Islâmico: pior ameaça mundial (299)
    220
    Nos siga no

    Agentes turcos descobriram que o Estado Islâmico planejava um ataque contra a reunião de cúpula do G20 que aconteceu em Antalya, na Turquia, no domingo (15) e na segunda-feira (16). Os dados estavam em um computador do terrorista Yunuz Durmaz, ligado ao atentado de outubro, em Ancara, em que 102 pessoas morreram.

    Segundo as informações da polícia turca, a célula jihadista no país havia feito pesquisas nos hotéis onde os líderes das maiores economias do mundo estiveram hospedados para a cúpula do grupo. Na casa de Durmaz, em Gaziantep, havia ainda uma grande quantidade de armas. Ele é apontado como um dos mentores do atentado em Ancara e está sendo procurado.

    A cúpula do G20, segundo as informações encontradas na casa do terrorista, era um dos 26 objetivos do Estado Islâmico no país. Os dados ainda mostram que a célula jihadista na Turquia tem planos de agir, por exemplo, contra grupos de esquerda e contra a comunidade judia.

    Tema:
    Estado Islâmico: pior ameaça mundial (299)
    Tags:
    comunidade judia, computador, polícia, reunião, jihadistas, terroristas, investigação, atentado, Cúpula do G20, G20, Estado Islâmico, Yunuz Durmaz, Gaziantep, Antalya, Ancara, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar