06:34 27 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Aviação russa combate terrorismo na Síria (111)
    2013
    Nos siga no

    Os Estados Unidos não têm planos, no momento, de começar a realizar operações coordenadas contra o Estado Islâmico no Iraque ou na Síria, disse nesta quarta-feira o coronel Steve Warren, porta-voz da Operação Inherent Resolve de Força-Tarefa Conjunta.

    "Neste momento, não temos planos de conduzir operações coordenadas com os russos", disse Warren quando indagado se Washington estaria pronta para trabalhar em parceria com Moscou contra o Estado Islâmico na Síria ou no Iraque.

    Na última terça-feira, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, já havia afirmado que os EUA ainda se recusam a coordenar ações militares com a Rússia na Síria, apesar da disposição de Moscou em fazê-lo.

    "Não há cooperação. Nossos colegas americanos se recusam a qualquer tipo de cooperação", disse Peskov a jornalistas, enfatizando que a Rússia está pronta para trabalhar em parceria.

    Peskov considera prematuro falar sobre uma ampla coalizão contra o grupo terrorista Estado Islâmico, apesar de o Presidente Putin afirmar que os militares franceses são aliados da Rússia na luta contra o EI.

    "Ainda é prematuro falar de coalizão, mas enquanto nos convencemos de sua necessidade, entendemos melhor como deve ser essa coalizão", ressaltou.

    Tema:
    Aviação russa combate terrorismo na Síria (111)

    Mais:

    Cachorro vira herói da operação antiterrorista francesa
    Opinião: luta contra Estado Islâmico é uma guerra de todos
    ‘Não há ligação entre Snowden e ataques em Paris’
    Maus vizinhos: jihadistas, OTAN e UE coexistem em Bruxelas
    Rússia aguarda Charles de Gaulle para formar grupo de trabalho com a França
    Tags:
    EUA, Rússia, Síria, Iraque, Steve Warren, Dmitry Peskov, Vladimir Putin, Pentágono, Kremlin, Estado Islâmico, cooperação, coordenação, operação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar