15:25 22 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0112
    Nos siga no

    A Casa Branca informou que os Estados Unidos darão uma contribuição militar no valor de 259 milhões de dólares para os seus aliados do Sudeste Asiático até o final do ano que vem.

    Em nota oficial divulgada nesta terça-feira, o governo norte-americano se comprometeu a destinar, no ano fiscal de 2015, 119 milhões de dólares para aumentar as capacidades marítimas dos países do Sudeste Asiático, e mais 140 milhões em assistência no ano de 2016. De acordo com Washington, a medida tem como objetivo preparar os seus aliados para responder adequadamente a possíveis ameaças estrangeiras na região. 

    A decisão da Casa Branca tem como pano de fundo o aumento das tensões entre Estados Unidos e China por conta de disputas de soberania no Mar da China Meridional, onde a Marinha norte-americana decidiu realizar uma série de patrulhas regulares alegando ter o interesse de garantir a livre navegação em águas internacionais, reivindicadas por Pequim.  

    Nesta terça-feira, o presidente Barack Obama chegou às Filipinas para participar do encontro de líderes da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC), programado para os próximos dias 18 e 19. Assim como Taiwan, Vietnã, Brunei e Malásia, as Filipinas fazem parte do grupo de aliados dos EUA que reivindicam zonas do Mar da China Meridional. 

    Mais:

    Xi Jinping estará no G20 e na APEC mesmo com tensão sobre mar do Sul da China
    Pequim critica postura dos EUA por aumentar tensão no mar do Sul da China
    Tags:
    EUA, China, Vietnã, Filipinas, Taiwan, Brunei, Malásia, Washington, Pequim, Sudeste Asiático, Mar da China Meridional, Barack Obama, APEC, Casa Branca, assistência militar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar